Que mochila escolher neste regresso às aulas?

Que mochila escolher

Com o início do ano letivo, são muitas as compras a fazer para os mais pequenos. Uma das compras é a mochila. Veja os cuidados que deve ter para escolher a melhor mochila.

Primeiro, verifique se a mochila do ano passado está em boas condições! Talvez não seja preciso comprar uma nova. Se for mesmo preciso uma mochila nova, há alguns aspetos que tem de ter atenção tanto na compra como na sua utilização.

Vai às compras?

Na hora de comprar uma mochila é importante ter em atenção se as medidas e o peso são adequados. A mochila tem de ser adequada à estatura e, quando vazia, não deve pesar mais do que meio quilo. Experimente sempre a mochila antes de comprar.

A arrumação também conta:

Quando utilizar a mochila é importante verificar se o que leva na mochila é mesmo necessário. Ao arrumar o material escolar, os objetos mais pesados e volumosos, como os livros, devem ser colocados na vertical, o mais próximo possível das costas.

O peso deve estar bem repartido e deve ser verificado, não deve ultrapassar 10% do peso. Portanto, se pensar no caso de uma criança de 30 quilos, o limite da mochila será de 3 quilos. Se ultrapassar este peso, não se deve andar com ela às costas, deve-se optar por uma com rodas com pega regulável, para que se adapte à estatura da criança.

Nunca leve a mochila pela mão ou num só ombro e ajusta as alças para que fique sempre acima das ancas. Por outro lado, não convém utilizá-la mais do que uma hora por dia.

Peso a mais, não:

As mochilas não devem ter excesso de peso, isto pode trazer consequências para a saúde. Entre os 10 e os 12 anos podes vir a ter dores nas costas, pescoço e ombros, bem como problemas de postura, pois a formação óssea ainda não está completa e qualquer excesso pode prejudicá-la.

Para além disso, uma postura incorreta é um mau hábito que, aliado ao excesso de peso da mochila, pode prejudicar-te ainda mais. Mas é algo que podes tentar corrigir.

Fonte: DECO