Desenvolvimento da área da energia das ondas é tema de workshop em Sines

energia das ondas

Em Sines vai realizar-se um workshop sobre desenvolvimentos da área da energia das ondas.

No próximo dia 11 de outubro, realizar-se-á nas instalações do Sines Tecnopolo um workshop presencial sobre os mais recentes desenvolvimentos na área da energia das ondas.

Neste evento, organizado pelo Sines Tecnopolo, in2sea e Teamwork, serão apresentados os projetos BASEPOINT e ENCORE (INTERREG).

De acordo com a organização, além de dar conhecimento sobre estes dois projetos, o evento pretende dar uma visão sobre o atual estado de desenvolvimento de energia das ondas, com foco na Península Ibérica e analisar as oportunidades e obstáculos do setor. Para este debate estão confirmadas intervenções de entidades relevantes da Holanda e Espanha, nomeadamente a Teamwork e a Wedge Global.

Neste evento, será também abordado o contexto dos “Green Ports” e a evolução das operações portuárias no sentido de se tornarem menos poluentes, tal como as sinergias desta necessidade com o setor da energia das ondas.

O projeto BASEPOINT foi desenvolvido nas instalações da Academia do Mar do Sines Tecnopolo, e abrangeu os testes e a melhoria de um conjunto turbina-gerador inovador para converter energia mecânica em eletricidade.

Após o evento, o equipamento será transportado para a Holanda, onde será integrado numa instalação de testes mais abrangente no âmbito do projeto ENCORE (INTERREG), para ser preparado para o último passo, os testes do dispositivo integrado no mar.

O BASEPOINT, do qual o Sines Tecnopolo é parceiro, é cofinanciado pelo Fundo Azul, e coordenado pela empresa in2sea incubada no Sines Tecnopolo.

Frank Neumann, sócio-gerente da in2sea refere que “continua a haver uma grande discrepância entre expetativas no setor de energias oceânicas e realidade da sua implementação. Tem havido desenvolvimentos tecnológicos graduais e significativos nos últimos anos, mas continua escasso um contexto de investimento promissor. O projeto BASEPOINT concluiu com sucesso os testes de um componente chave para a tecnologia Symphony, uma das opções futuras promissoras, cujo desenvolvimento é liderada pela empresa Holandesa Teamwork, em parceria com a in2sea. No evento queremos demonstrar o funcionamento da tecnologia, aprender sobre outras tecnologias atuais e debater o panorama de desenvolvimento.”

A participação no evento é gratuita, mas requer inscrição e destina-se a profissionais de áreas relacionados com a temática, mas está também aberta ao público em geral. Devido ao seu carácter internacional, o evento e os materiais de disseminação serão apresentados na língua inglesa.

As inscrições no evento devem ser realizadas em: https://forms.gle/QW2ZvQ2Awn4r11pX8