Autárquicas: Raul Rasga (BE) quer obras nas escolas do concelho de Évora

Raul Rasga

Obras nas escolas do concelho é o que defende o candidato do Bloco de Esquerda à Câmara de Évora.

O candidato do Bloco de Esquerda à presidência da Câmara de Évora nas autárquicas, Raul Rasga, defendeu a requalificação dos espaços exteriores das escolas básicas do concelho, criticando o “pouco investimento” do executivo da CDU nesta área.

“É necessária a requalificação do espaço exterior de praticamente todas as escolas do ensino básico no concelho”, reclamou o cabeça de lista do Bloco de Esquerda (BE), considerando que “tem havido pouco investimento nesta área” pelo executivo camarário de maioria CDU.

Segundo Raul Rasga, que falava à agência Lusa na aldeia de Azaruja, numa das freguesias rurais de Évora, onde deu o exemplo da escola básica local: “São obras relativamente baratas”.

Esta manhã, com outros elementos da candidatura, Raul Rasga entregou panfletos e conversou com pais que deixaram os filhos no estabelecimento, escutando críticas sobre as condições do espaço exterior da escola, entre outras obras.

Ainda na área da educação, que tem dominado as ações de campanha do BE, o candidato aludiu a dois outros “problemas”, como a necessidade de obras na Escola Secundária André de Gouveia, antigo liceu de Évora.

“A questão do liceu arrasta-se num ‘pingue-pongue’ entre o Governo e o município”, criticou, prometendo “a realização das obras” caso seja eleito para o município.

A outra questão está relacionada com a escola de São Mamede, que é “fundamental no centro histórico”, cujo processo de requalificação “foi iniciado há oito, nove, 10 anos” e “ainda hoje está a ser requalificada”, disse, alertando ainda para a “falta de assistentes operacionais” nas escolas.

E a transferência de competências de educação para os municípios também não foi esquecida pelo candidato ‘bloquista’, reivindicando que o assunto deve ser “muito mais discutido” e acautelada a respetiva comparticipação financeira do Governo.

“Há outras candidaturas que dizem sim senhora, nós ficamos com as competências e falam de ‘mochilas’ financeiras, ‘envelopes’ financeiros”, mas há “o risco de, depois, ter uma ‘caixa de lápis’ financeira e não faz sentido”, argumentou.

O desporto é a área a ‘dominar’ a campanha este sábado, com Raul Rasga a apontar à Lusa que o BE ‘guardou’ para este setor a “única promessa de uma obra em betão”, a da construção de um pavilhão desportivo municipal: “Não é possível que Évora continue sem ter um pavilhão desportivo que permita que os jovens pratiquem desporto” e “que haja desporto federado”.

Nestas eleições, além de Raul Rasga, estão na corrida à Câmara de Évora o presidente do município, Carlos Pinto de Sá (CDU – PCP/PEV), José Calixto (PS), Florbela Fernandes (Coligação Movimento Cuidar de Évora – Nós, Cidadãos!/RIR), Henrique Sim-Sim (PSD/CDS-PP/MPT/PPM) e Carlos Magno Magalhães (Chega).