Pandemia obriga a reagendar a Agroglobal

Agroglobal

Depois de ter sido cancelada a edição de 2020, a Agroglobal é agora adiada para setembro, revelou hoje a organização.

Devido à pandemia da Covid-19, não foi possível realizar a Agroglobal nos moldes habituais e foi adiada para julho de 2021, perante uma perspetiva otimista da evolução da crise pandémica.

No entanto, a organização diz que “as coisas não se passam como todos gostaríamos. Veio uma segunda vaga e as dúvidas persistem sobre quando poderemos voltar a reunir tranquilos, apesar das esperanças que resultam da existência de vacinas”, mas “ao dia de hoje não é prudente manter a data de julho. Não há, infelizmente, garantias de que a Agroglobal se possa realizar com segurança, pelo que é melhor reajustar desde já a data de realização, bem como o plano de culturas agrícolas que lhe servem de apoio.”

Em comunicado a organização conclui afirmando que “em setembro, esperando que a Covid esteja controlada, estaremos no Mouchão da Fonte Boa a festejar o regresso à normalidade e a contribuir para fortalecer um setor do qual o nosso País vai precisar mais do que nunca.”

Recorde-se que a Agroglobal é uma das maiores feiras agrícolas a nível nacional, com a presença de toda a fileira de uma forma 100% profissional. Com esta feira pretende-se valorizar o saber de experiência feito de gerações de agricultores, mas, ao mesmo tempo, exibir os meios tecnológicos e científicos que um enorme conjunto de empresas coloca à disposição do setor de forma permanentemente renovada.