Évora e Vidigueira na rota de Revolution Hope Imagination

RHI

Entre 23 de junho e 4 de julho, está de regresso o RHI – Revolution, Hope, Imagination, iniciativa criada pelo Arte Institute de Nova Iorque para promover novos modelos de negócio para as artes e cultura contemporânea.

Este evento leva a 13 cidades portuguesas um programa diversificado que cruza os setores da Arte & Negócio e da Cultura & Turismo, revelando e aproximando os seus agentes.

Évora, Cascais, Lisboa, Torres Vedras, Alcobaça, Leiria, Loulé, Faro, Porto, Vidigueira, Ponte de Lima, Braga, Funchal são as cidades que acolhem o evento, que pretende fortalecer pontes entre artistas portugueses e projetos mundiais e que conta, na programação, com palestras, workshops e showcases, entre outras iniciativas.

Os eventos são gratuitos, mas é necessário fazer uma reserva, adquirindo um bilhete na plataforma evenbrite (Lisboa, Porto), através do e-mail: info@arteinstitute.org ou junto das câmaras municipais, no caso das restantes cidades.

De destacar a Talk Mercado Americano, que reúne programadores americanos, mas também da África ou da Ásia, para discutir o modelo empresarial de Arte & Negócios daqueles mercados, mas também apresentar as suas organizações e respetivos modelos operacionais.

Entre eles, David Chavez, programador e curador de um palco de referência em Chicago, nos Estados Unidos, o Millennium Park Music Series; Mickela Mallozzi, apresentadora e produtora executiva da série Bare Feet, exibida pela cadeia televisiva PBS e Maure Aronson, fundador da Global Arts Live, organização não governamental que promove a melhor música internacional, dança contemporânea e jazz mundiais nos palcos de Boston, EUA.Ainda, Amro Salah, fundador do Cairo Jazz Festival, Joni Schwalbach, etnomusicologista, pianista, compositor e videógrafo moçambicano, criador do MMM- Mozambique Music Meeting, e um promotor ativo da herança cultural moçambicana, e Adilson Lima, Diretor Geral das Artes de Cabo Verde.

De salientar também o Workshop de Vídeo Low-budget & Marketing Digital, que conta como formadores com André Tentugal, músico, fotógrafo e realizador apaixonado pela imagem enquanto veículo para contar histórias, e Valdemar Pires, especialista em marketing, comunicação e transformação digital. As áreas temáticas a abordar vão da Introdução à imagem às Técnicas de Posicionamento de Câmera/Material de Filmagem, Técnicas de iluminação e edição, passando também pela Promoção do Trabalho.

Francisco Cipriano, Especialista em Fundos Europeus, conduz, por seu turno, a Financiamento Europeu no Sector Cultural e Criativo, uma sessão eminentemente prática, na qual se exploram especificidades dos fundos de investimento e apoios ao financiamento no setor.

Entre os showcases, destaque para o concerto de Neev, jovem compositor, multi-instrumentista, intérprete e escritor, mas também de artistas emergentes das cidades envolvidas: The Elephant Women, Ben & The Pirates, The Mirandas e Yuca, Daniel Bernardes, Mano a Mano, Paulo Santo Quinteto, Guarda Rios, SMOKATA, entre muitos outros. No programa haverá ainda a participação da cantora e compositora Sara Serpa, residente em Nova Iorque.