Estremoz: Ministra da Agricultura visitou a FIAPE e destacou a “dinâmica e resiliência” do sector agrícola

Ministra da agricultura

Depois de ter sido inaugurada pelo Secretário de Estado da Administração Local e Ordenamento do Território, Carlos Miguel, a 34.ª edição da Feira Internacional de Agropecuária de Estremoz (FIAPE) recebeu, esta sexta-feira, a visita da Ministra da Agricultura e Alimentação, Maria do Céu Antunes.

Na visita a Estremoz, a governante em declarações ao jornal Sul Ibérico, destacou a “dinâmica” e a “resiliência do sector” agrícola mostrou durante a pandemia e atualmente “quando a guerra volta à europa”.

Referiu a Governante que “agricultores portugueses têm condições particularmente difíceis porque temos solos bastante pobres, temos falta de água, estamos a passar por um ano particularmente exigente desse ponto de vista, mas temos também condições, nomeadamente ao nível da propriedade, que são difíceis, não aqui no Alentejo, onde a propriedade é grande, mas noutras partes do país, o minifúndio é um impeditivo para o desenvolvimento de uma agricultura mais competitiva e, portanto, nós temos que encontrar, do ponto de vista da política pública, os instrumentos para podermos ajudar os nossos agricultores a desenvolverem uma agricultura que seja cada vez mais eficiente, mais eficiente no uso da água, mais eficiente na melhoria do solo, mais eficiente na gestão da propriedade que se quer maior, que se quer também com o nível de organização e de profissionalização que seja acrescida.”

A Ministra da Agricultura e da Alimentação frisou que “nesta feira é bem visível também a dinâmica dos jovens agricultores”, algo que se observa também quando “abrimos avisos para instalação de jovens agricultores, seja por via do prémio para a instalação ou para o investimento em exploração agrícola, que todos os avisos ficam imediatamente esgotados.

Nesta visita à FIAPE Maria do Céu Antunes visitou a exposição de gado, bem como os stands de artesanato, tecendo grandes elogios ao Figurado de Estremoz, que é Património da UNESCO.