Autárquicas: Autarca PS de Mourão vai tentar terceiro e último mandato

Maria Clara Safara

A presidente da Câmara de Mourão, Maria Clara Safara, é recandidata ao cargo, pelo PS, nas eleições autárquicas de 26 de setembro, para tentar um terceiro e último mandato, revelou hoje à agência Lusa a própria.

Os apoios e incentivos para me recandidatar foram muitos”, além de que “tenho muitas obras [a] que gostaria de dar continuidade”, afirmou a autarca socialista para justificar a recandidatura.

Natural e residente em Mourão, no distrito de Évora, Maria Clara Safara, de 55 anos, foi eleita presidente deste município, pela primeira, nas autárquicas de 2013, e reeleita quatro anos depois, em 2017.

Professora do primeiro ciclo do ensino básico, a autarca, antes de chegar à presidência da autarquia, foi vereadora, tendo-se “estreado” no executivo municipal nas autárquicas de 1997.

Caso seja agora reeleita presidente da câmara, indicou que pretende dar “continuidade à recuperação financeira do município”.

Temos tido, a nível financeiro, uma estratégia de gestão rigorosa”, a qual permitiu que, ao longo do atual mandato, “uma redução do endividamento” na ordem dos “três milhões de euros”, realçou.

A candidata socialista disse ainda querer “aproveitar o que aí vem”, referindo-se às verbas do próximo quadro comunitário e do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), e investir “ao nível da habitação e das acessibilidades”.

Considerando que também são prioritárias “medidas de coesão territorial e valorização do interior”, a candidata notou que, neste caso, “a câmara, por si só, não consegue resolver os problemas” e prometeu sensibilizar o Governo.

Precisamos de ajuda do Governo para que a população se possa fixar, especialmente os jovens”, vincou, apelando ao avanço de medidas “específicas para os concelhos mais pequenos e do interior” do país.

A socialista Maria Clara Safara junta-se na “corrida” à presidência da Câmara de Mourão aos candidatos já anunciados Fátima Marques Vidigal (Chega), João Fortes (PSD/CDS-PP), e Joaquim Frasco (CDU).

O atual executivo municipal é composto por três eleitos do PS e dois da coligação PSD/CDS-PP.

As eleições autárquicas estão marcadas para o dia 26 de setembro.