Vila Viçosa: Termo de Identidade de Residência para o indivíduo apanhado com plantação de canábis em casa

Vila Viçosa detenção

Como ODigital.pt avançou ontem, um homem, de 40 anos, foi detido pela GNR por suspeitas de tráfico de droga, em Vila Viçosa, distrito de Évora, tendo sido apreendidas 37 plantas de canábis e uma estufa.

O Comando Territorial de Évora da GNR, indicou que a detenção foi efetuada na quarta-feira por militares do Núcleo de Investigação Criminal de Reguengos de Monsaraz.

A GNR explicou que, no âmbito de uma investigação por tráfico de estupefacientes, os militares da Guarda deram cumprimento a dois mandados de busca, uma domiciliária e outra em veículo.

Segundo a força de segurança, na sequência das buscas foram apreendidas ao suspeito, além das plantas de canábis e da estufa, sete doses de folha de canábis, um telemóvel e diverso material relacionado com a produção e consumo de canábis.

Fonte da GNR adiantou que o suspeito foi posteriormente posto em liberdade e notificado para se apresentar hoje no Tribunal Judicial de Vila Viçosa para primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação menos gravosa, termo de identidade e residência.