Vila Viçosa: “Já passamos por uma situação difícil”, mas “definimos uma boa estratégia”, diz comandante dos Bombeiros

Nuno Pinheiro

Este fim-de-semana, os Bombeiros Voluntários de Vila Viçosa apresentaram um conjunto de novos equipamentos recentemente adquiridos e que vão reforçar a atividade operacional desta corporação do distrito de Évora.

Uma atividade operacional que tem sido marcada, nos últimos meses, pelo combate à pandemia da Covid-19, tendo sido nos meses de outubro e novembro que os Bombeiros de Vila Viçosa estiveram com mais pressão devido ao surto que eclodiu na Santa Casa da Misericórdia.

Sobre toda a operação Covid-19 o Comandante dos Bombeiros Voluntários de Vila Viçosa, Nuno Pinheiro, começa por dizer que “já passamos por uma situação muito difícil como sabem e nessa altura reuniu com o Corpo de Bombeiros para definirmos uma boa estratégia de forma a não sermos também atingidos por um surto e, aí constituímos três equipas de forma a trabalharmos em espelho e sempre que uma equipa entrava ao serviço eram todos testados.”

Nuno Pinheiro destacou ainda que “os operacionais ao saírem do quartel, saem todos equipados e isso tem sido uma grande salvaguarda para nós, tanto que até agora, não tivemos nenhum operacional infetado, tivemos sim dois elementos que testaram positivo, mas foi durante a sua semana de folga, ou seja, não foi em serviço”, mas acrescenta que os operacionais ao saírem equipados em todas as ocorrências “é também uma despesa brutal para a associação que tem feito um grande esforço para nos proteger.”

O Comandante dos Bombeiros de Vila Viçosa salienta que “temos tido transporte de doentes infetados com Covid-19 desde principalmente desde outubro e continuamos a transportar”, acrescentando que “agora até estamos a dar apoio aos nossos colegas do Redondo que infelizmente estão a passar por uma fase difícil, pois tiveram de encerrar portas devido a casos de Covid e nós somos uma das corporações vizinhas que estamos a dar o apoio à população e aquilo que faça falta.”

Já sobre o apoio que esta corporação tem recebido tanto da população, como das entidades locais e regionais, Nuno Pinheiro afirma que “temos tido o apoio de tanto a nível local como regional, mas destaco também o apoio da população que, por exemplo, tem estado a aderir ao nosso peditório, que este ano é diferente, mas que temos notado esse apoio e por isso aproveito para agradecer a todos esse apoio.”