Segunda-feira, Março 4, 2024

Vila Viçosa celebra o 1º de dezembro e recria “um facto histórico importante”, afirma vice-presidente

- Pub -

A localidade de Vila Viçosa, no distrito de Évora, vai recuar até ao ano de 1640, altura em que os 40 Conjurados libertaram o seu povo de 60 anos de domínio de Castela e assim restauraram a Independência de Portugal, tendo depois sido aclamado Rei de Portugal D. João IV.

A autarquia de Vila Viçosa anunciou, recentemente a realização de várias atividades para celebrar o 1º de dezembro.

O ponto alto das comemorações do 1.º de Dezembro, promovidas pela autarquia calipolense, será o desfile histórico pelas ruas de Vila Viçosa, no feriado, dia 01 de dezembro, a partir das 11 horas, seguido de chocolate quente e biscoitos no Terreiro do Paço da localidade.

Em declarações a’ODigital.pt, o Vice-Presidente da Câmara Municipal de Vila Viçosa, Tiago Salgueiro explicou que com estas comemorações a autarquia pretende “chamar a atenção nacional para esta data que muito tem a ver com Vila Viçosa, a propósito da Casa de Bragança” acrescentando que “iremos recriar um facto histórico importante, a Batalha de Vila Viçosa, que antecedeu a Batalha de Montes Claros, no dia 9 de junho de 1665, no Castelo e contaremos com um programa alargado que vai se irá prolongar durante todo o fim de semana.”

O autarca salienta que “a ideia é chamar a atenção nacional, e até a nível internacional, para a importância do 1º de Dezembro em Vila Viçosa, festejos que têm vindo a crescer nos últimos anos, desde que tomámos posse. E é seguramente por esse caminho que vamos continuar, pois a Restauração da Independência é uma data absolutamente fundamental para nós e para o nosso concelho.”

Pretendemos continuar a festejar esta data, há um crescimento destas comemorações em Vila Viçosa, crescimento esse que tem de ser efetivo e consolidado, que nós começámos logo no primeiro ano de mandato, mas queremos dar de facto mais corpo e contar com cada vez mais instituições que nos possam dar uma ajudar na consolidação deste projeto”, concluiu.

- Pub -

Também pode gostar

- Pub -

Últimas Notícias

Autarca de Reguengos de Monsaraz diz que faltam restaurantes para acolher tanto turista

A presidente da Câmara de Reguengos de Monsaraz, Marta Prates, aponta a “falta de estabelecimentos de restauração” como um...