Vila Viçosa: CECHAP dá a conhecer história do ilustre calipolense Luís Pinto Garcia (c/fotos)

Exposição no CECHAP

A sede da Associação CECHAP, em Vila Viçosa, tem patente até dia 28 de fevereiro, uma exposição dedicada a um ilustre calipolense que até agora era desconhecido de muitos.

A exposição “ANTES QUEBRAR – Luís Pinto Garcia, calipolense”, e uma homenagem àquele que foi um dos mais extraordinários numismatas de Portugal.

Estiveram presentes na cerimónia representantes da Sociedade dos Amigos do Museu de Francisco Tavares Proença Júnior (SAMFTPJ), Associação Numismática de Portugal (ANP), Revista Portuguesa de Numismática (MOEDA), Medalhas Portuguesas e Fórum dos Numismatas, bem como o presidente da Câmara Municipal de Vila Viçosa, Inácio Esperança.

Em declarações a’ODigital.pt o autor desta exposição, Carlos Andrade Pernas diz que esta mostra “ilustra um pouco da vida daquele que foi um cidadão exemplar e um extraordinário numismata”.

Sobre a exposição, Carlos Pernas explica que “o primeiro núcleo mostra a família Garcia ainda em Vila Viçosa, pois, foi cá que ele nasceu em 1911 e o segundo núcleo fala sobre seu papel de resistência contra o regime vigente o que lhe valeu vários dissabores. Já o terceiro fala dessa paixão pela numismática e dos trabalhos que deixou importantíssimos nessa área, sendo que o último mostra seu papel como governador civil, que acabou por ser um reconhecimento de toda essa luta pelos ideais da liberdade e que acabou por levar a sua condecoração embora a título póstumo como comendador da Ordem da Liberdade.

É uma homenagem a um calipolense muito pouco conhecido, mas que teve um papel fundamental na vida dos portugueses e que manteve sempre uma ligação muito forte a Vila Viçosa, que era a sua terra e da qual tinha muito orgulho”, disse o autor da exposição.

Frisou ainda que esta exposição resulta de uma “grande pesquisa, pois, não havia qualquer conhecimento dessa personagem da nossa terra e dá-lo agora a conhecer pensamos que é um passo importante para que se venha a valorizar esta esta personalidade”.

Carlos Andrade Pernas concluiu referindo que “o CECHAP está sempre de portas abertas para dar a conhecer aquilo que melhor existe em Vila Viçosa e as pessoas que contribuíram para que a terra chegasse aquilo que é hoje.

Fique de seguida com algumas imagens desta exposição: