Domingo, Dezembro 4, 2022
Pub

Vanguard Properties investe 2 M€ para ter clínica da CUF em projeto turístico em Grândola

- Publicidade -
- Publicidade -

A Vanguard Properties assinou um memorando de entendimento com a CUF para instalação de uma clínica de proximidade no loteamento Dunas, do projeto turístico e residencial Terras da Comporta, nos concelhos de Alcácer do Sal e Grândola.

Segundo adiantou à Lusa o diretor-geral da Vanguard Properties, José Cardoso Botelho, a futura clínica privada, que representa um investimento de dois milhões de euros — um milhão de euros em instalações e um milhão de euros em equipamento — irá servir os dois loteamentos turísticos do projeto Terras da Comporta, Dunas e Torre, mas também as populações locais, designadamente da zona do Carvalhal, com atendimento disponível em vários idiomas.

“Para nós é essencial disponibilizarmos uma unidade clínica com uma acessibilidade alargada a todos os que necessitem de procurar cuidados de saúde”, disse José Cardoso Botelho, salientando que a futura clínica “estará vocacionada para dar resposta às necessidades de saúde da população local e dos clientes do empreendimento”.

“Como se sabe, ali na zona só temos um posto médico, em Alcácer do Sal, que está suficientemente longe, e o Hospital do Litoral Alentejano (no concelho de Santiago do Cacém), que também está bastante longe. Foi, por isso, uma decisão óbvia associarmo-nos a uma marca forte [CUF], reconhecida pela maior parte dos seguros nacionais e internacionais”, justificou o diretor-geral da Vanguard Properties.

A Vanguard Properties, que diz ser o maior promotor imobiliário a operar em Portugal, é uma sociedade constituída em 2017 pelo investidor luso-suíço-israelita Claude Berda e pelo gestor português José Cardoso Botelho, atual diretor-geral daquela empresa imobiliária.

A clínica da CUF será instalada num edifício NZEB — ‘net zero emission building’ — inteiramente construído em madeira, tal como todas as construções previstas no projeto Terras da Comporta, que inclui os loteamentos turísticos da Torre, no concelho de Alcácer do Sal, e Dunas, na freguesia do Carvalhal, concelho de Grândola, ambos no distrito de Setúbal.

De acordo com o diretor-geral da empresa imobiliária, o loteamento das Dunas tem cerca de 750 lotes para moradias, 330 unidades turísticas e três hotéis, com pouco menos de 300 quartos. Na Torre, há 245 lotes para moradias, 500 unidades residenciais em aldeamento turístico e dois hotéis.

Segundo José Cardoso Botelho, a Vanguard Properties está neste momento a negociar com quatro marcas internacionais de hotéis de luxo, prevendo-se que os primeiros hotéis do projeto estejam a funcionar em pleno “em 2025”.

As primeiras casas do projeto Terras da Comporta “deverão estar concluídas e vendidas entre 2023 e 2024”.

O responsável da empresa referiu ainda que o projeto Terras da Comporta tem um investimento global de três mil milhões de euros — mil milhões de euros no loteamento da Torre e dois mil milhões de euros no loteamento Dunas.

A Vanguard Properties está também a desenvolver, desde 2017, um outro projeto imobiliário turístico de cerca de 200 milhões de euros, na aldeia da Muda, também no concelho de Grândola, com 200 moradias de diferentes tipologias, áreas de serviço, de comércio e desportivas.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

As mais vistas

Mais notícias

00:06:25

Vila Viçosa: “A Casa Florbela Espanca quer ser um meio para celebrar o mundo das artes” (c/vídeo)

Está a nascer, em Vila Viçosa, no distrito de Évora, um local que pode vir a ser uma residência artística inspirada na poetisa Florbela...

Évora: Encontro juntou autarcas de junta de freguesia do distrito para debaterem problemas (c/fotos)

A Delegação Distrital de Évora da Associação Nacional de Freguesias (ANAFRE) promoveu, este sábado, em Évora, um encontro de Autarcas do Distrito de Évora. Um...