“Vamos ter oportunidade de falar sobre EDIA e a estratégia sobre perspectiva de futuro”, diz Ministra da Agricultura (c/som)

Ministra da Agricultura

Recentemente a Ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque, esteve no Alentejo onde foi questionada qual seria a sua posição em relação à EDIA – Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas do Alqueva, S.A. e ao seu funcionamento.

Uma empresa onde o Estado Português já injectou milhares de milhões de euros nos últimos anos, de forma a que esta possa cumprir com todos os compromissos assumidos ao longo dos anos.

Sobre este tema a Ministra da Agricultura foi parca em palavras, dizendo apenas que “vamos ter oportunidade de falar sobre EDIA, estratégia sobre perspectiva de futuro, sobre o trabalho excelente que está a ser feito…”.

Sobre o estado financeiro da empresa pouco mais falou, destacando sim a mudança que o Alentejo sofreu “do ponto de vista social, económico e também ambiental, tendo em conta o investimento que foi feito com dinheiros públicos para a criação do Alqueva”.

A Governante com a pasta da agricultura, destaca ainda o investimento feito em redor do Alqueva, nomeando “as unidades hoteleiras que se vão instalando, são as unidades de restauração que se instalam e há todo um ecossistema em volta da agricultura que está a ser criado, que chamamos a Agricultura Ligada, onde incluem turismo, cultura, património, cante alentejano, por exemplo, e isso é que nos importa valorizar.”