Terça-feira, Setembro 27, 2022
Pub

Universidade de Évora entrega 5.ª feira Honoris Causa a antigo autarca Abílio Fernandes

- Publicidade -
- Publicidade -

O Doutoramento Honoris Causa pela Universidade de Évora a Abílio Fernandes, antigo presidente da câmara deste concelho, vai ser outorgado na próxima quinta-feira, após a pandemia de covid-19 ter adiado a cerimónia, foi hoje revelado.

Contactada pela agência Lusa, fonte da Universidade de Évora (UÉ) indicou que a cerimónia está marcada para quinta-feira da próxima semana, às 11:00, na sala de atos do Colégio do Espírito Santo.

O discurso laudatório vai estar a cargo de Rui Namorado Rosa, professor emérito da Universidade de Évora, acrescentou.

A instituição anunciou, em 27 de janeiro do ano passado, que tinha decidido atribuir ao antigo presidente da Câmara de Évora Abílio Fernandes o grau de Doutor Honoris Causa.

A cerimónia chegou a estar marcada para 25 de março de 2020, mas, no dia 12 desse mês, a academia alentejana revelou que a sessão seria adiada, devido às medidas de prevenção da covid-19 então implementadas.

Abílio Fernandes, de 83 anos, foi presidente da Câmara de Évora durante 25 anos, entre 1976 e 2001.

Aquando do anúncio da atribuição do grau de Doutor Honoris Causa, a reitora da UÉ, Ana Costa Freitas, salientou à Lusa que o autarca “teve um contributo inegável, a seguir ao 25 de Abril de 1974, para a afirmação do Poder Local”.

Além disso, sublinhou na altura, foi o autarca que “desenhou o primeiro Plano Diretor Municipal” (PDM), que “levou a cultura à cidade e tornou-a acessível a todos” e participou na classificação do centro histórico de Évora como Património Mundial da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO).

“Teve uma visão de afirmação da cidade ao mesmo tempo que se preocupava em dar mais bem-estar às pessoas, principalmente aos mais desprotegidos”, destacou a reitora, considerando que Abílio Fernandes “foi um impulsionador da evolução que a cidade sofreu”.

Atualmente reformado, Abílio Fernandes foi presidente da Câmara de Évora sempre eleito em listas lideradas pelo PCP, além de ter tido vários cargos no partido.

Depois de deixar a presidência do município, após perder as eleições para o PS, Abílio Fernandes foi eleito deputado da Assembleia da República em 2005, mas, em 2007, renunciou e passou o lugar a João Oliveira, atual líder parlamentar comunista.

Abílio Miguel Joaquim Dias Fernandes, natural de Moçambique, é licenciado em Finanças pelo Instituto Superior de Ciências Económicas e Financeiras de Lisboa.

O centro histórico de Évora foi reconhecido em 25 de novembro de 1986 como Património Mundial pela UNESCO.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

As mais vistas

Mais notícias

Vila Viçosa: Mega operação da GNR de caça a grupo criminoso

A GNR tem montado nos concelhos de Vila Viçosa e Alandroal, uma mega operação de caça ao homem, que segundo conseguimos apurar envolve deste...

Borba: Festa da Vinha e do Vinho já tem cartaz musical definido

A cidade de Borba, no distrito de Évora, recebe de 09 a 13 de novembro de 2022, mais uma edição da Festa da Vinha...