Um dos mais emblemáticos monumentos do Alentejo esteve às escuras durante uma hora

Paço Ducal de Vila Viçosa às escuras

O Palácio Ducal de Vila Viçosa, foi um dos monumentos a nível nacional que ficou às escuras durante uma hora, na sequência da “Hora do Planeta”.

A Hora do Planeta, conhecida mundialmente como “Earth Hour”, assinalou-se este sábado (27 de março) entre as 20:30 e as 21:30.

Ao longo de uma hora empresas, cidadãos, autarquias – através dos seus anúncios luminosos, edifícios ou monumentos – apagaram as luzes em prol do planeta.

Este ano, em Portugal inscreveram-se 135 municípios, dos quais 14 Alentejanos, nomeadamente Alvito, Beja, Ferreira do Alentejo, Odemira, Avis, Castelo de Vide, Crato, Elvas, Marvão, Nisa, Montemor-o-Novo, Reguengos de Monsaraz, Viana do Alentejo e Vila Viçosa.

Uma das localidades que aderiu a esta iniciativa foi Vila Viçosa, que apagou a iluminação do Terreiro do Paço Ducal, da Igreja de Nº Sra. da Graça ou dos Agostinhos, da Igreja de S. Bartolomeu ou de S. João Evangelista, da Fonte Pequena, do Lago dos Cisnes, da Estatua Equestre de D. João IV, das Muralhas do Castelo Artilheiro de Vila Viçosa, da Igreja de Nº Sra. da Conceição e ainda da Rotunda do Cubo. Na imagem pode ver-se às escuras um dos mais emblemáticos monumentos do Alentejo, o Paço Ducal de Vila Viçosa, bem como a Estatua Equestre de D. João IV e ainda lhe mostramos Igreja de Nº Sra. da Graça ou dos Agostinhos e o edifício da Câmara Municipal.

Recorde-se que a Hora do Planeta pretende sensibilizar a comunidade para urgência climática em que vivemos, bem como pressionar decisores políticos e empresas a agir para mitigar as alterações climáticas.