Trabalhador agrícola, de 35 anos, morre após queda de árvore no concelho de Gavião

Emergência médica

Um trabalhador agrícola morreu hoje na sequência de ferimentos provocados pela queda de uma árvore, numa herdade do concelho de Gavião, distrito de Portalegre, disseram à agência Lusa fontes dos bombeiros e da GNR.

Fonte do Comando Territorial de Portalegre da GNR indicou que o acidente, para o qual foi dado o alerta às 07:15, ocorreu numa herdade do concelho de Gavião e que a vítima mortal é um trabalhador agrícola, um homem de 35 anos.

A mesma fonte adiantou que se tratou de um acidente de trabalho, pelo que foram chamados ao local inspetores da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT), que estão a investigar a ocorrência.

Contactado pela Lusa, o segundo comandante dos Bombeiros de Gavião, Carlos Isaías, indicou que o trabalhador agrícola estaria a proceder ao “corte de árvores” quando ocorreu o acidente.

“O óbito foi declarado no local pelo médico da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER)”, assinalou.

As operações de socorro mobilizaram seis bombeiros da corporação de Gavião, dois militares da GNR e dois elementos do Instituto Nacional de Emergência Médica (VMER), num total de 10 operacionais, apoiados por seis veículos, incluindo a VMER do Médio Tejo.