Tapeçarias de Portalegre em exposição no Centro de Cultura Contemporânea de Castelo Branco

Tapeçaria de Portalegre

Centro de Cultura Contemporânea de Castelo Branco (CCCCB) vai ter patente ao público, entre 27 de abril e 13 de junho, uma exposição de colchas em Bordado de Castelo Branco e de Tapeçarias de Portalegre.

Em comunicado enviado hoje à agência Lusa, a Câmara de Castelo Branco refere que a exposição “PONTOS.PT”, reúne no CCCCB, colchas em Bordado de Castelo Branco e Tapeçarias de Portalegre.

Citado no documento, o presidente do município, José Augusto Alves, afirma que a tapeçaria de Portalegre “é mais uma forma de arte belíssima que vem engrandecer em muito esta exposição“.

Castelo Branco é um concelho repleto de história e tradições que sobrevivem ao longo dos séculos e que nos orgulhamos de promover. As nossas colchas são desenhos bordados com fio de seda natural e existem desde do século XVI, são verdadeiros tesouros que nos orgulhamos de ter nesta exposição“, refere o autarca.

A exposição “PONTOS.PT” apresenta uma evolução histórica do Bordado de Castelo Branco, desde a sua produção, no século XVII, à atualidade.

Nesta mostra é possível ver exemplares dos séculos XVII e XVIII, mas também peças mais modernas, consolidadas no novo fabrico de colchas, relançado entre 1939 e 1940.

O Bordado de Castelo Branco está certificado desde 2018, depois de, dois anos antes, a Comissão para a Certificação de Produções Artesanais Tradicionais ter dado parecer favorável ao pedido de registo de produção tradicional do bordado, no Registo Nacional de Produções Artesanais Tradicionais Certificadas.

A exposição integra o projeto REDES1234.con, financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), e tem como curadoras Ana Pires (Bordado de Castelo Branco) e Vera Fino (Tapeçarias de Portalegre).