Sines recebe Festival Batuta dedicado à música clássica

Festival batuta

A 2.ª edição do Festival Batuta, dedicado à música clássica, regressa este mês à cidade de Sines (Setúbal), com concertos e iniciativas paralelas, depois de ter sido cancelado em 2020 devido à pandemia de covid-19.

O festival, que vai decorrer entre 24 e 26 deste mês, vai levar à cidade de Sines cinco concertos de música clássica, com destaque para o recital de Pedro Burmester, um dos mais reconhecidos pianistas portugueses.

A apresentação da obra “As Quatro Estações”, de Antonio Vivaldi, no Centro de Artes de Sines, às 18:00, pelo violinista João Pedro Cunha, acompanhado por um quinteto de cordas formado por solistas internacionais, marca o início do festival organizado pela Câmara de Sines e produzido pela ApreciArte.

Segue-se, no Pavilhão Multiusos de Sines, às 21:30, o concerto da Banda de Música da Força Área, criada em 1957 e constituída por “instrumentistas de primeiro plano distribuídos pelos naipes de sopros, percussão e cordas”, realça, em comunicado, a organização do festival.

O concerto é dirigido pelo maestro principal, o major António Rosado, assistido pelo maestro capitão Rui Silva e o tenente Artur Rouquina.

No segundo dia, às 21:30, sobe ao palco do Centro de Artes de Sines um dos mais reconhecidos pianistas portugueses, Pedro Burmester, condecorado com o Grau de Cavaleiro da Ordem de Santiago de Espada e com o Grau de Comendador pela Ordem do Infante D. Henrique.

O pianista “deu o seu primeiro recital aos 10 anos de idade, tendo atuado desde então como solista, em música de câmara e com orquestra por todo o mundo”, destacam os produtores.

No dia 26 de novembro, às 19:00, também no auditório do Centro de Artes de Sines, atua o duo de marimbas Abmiram Ensemble, formado pelos percussionistas Vasco Ramalho e Pedro Branco.

O concerto de encerramento do festival, marcado para as 21:30, no Pavilhão Multiusos de Sines, junta a Orquestra de Sopros do Algarve, dirigida pelo maestro João Rocha, com a soprano Sofia Escobar, “reconhecida pelo seu percurso no teatro musical londrino”.

De acordo com os promotores, neste concerto, vai ser interpretada a Sinfonia n.º 2 “Mare Nostrum” Op. 124, de Jorge Salgueiro, obra inspirada pela epopeia dos navegadores portugueses.

O festival inclui também um programa de iniciativas paralelas, com um ensaio aberto (24), dois workshops de percussões de rua, um para estudantes (25) e outro para seniores (26) e uma arruada pelo centro histórico de Sines (25).

Os bilhetes para os concertos são gratuitos e podem ser levantados no centros de Artes de Sines e no Atendimento Municipal em Porto Covo.

O programa do festival está incluído na programação das comemorações dos 659 anos do município Sines, que se assinala no dia 24 de novembro.

O Festival Batuta 2021 está integrado no projeto Programação Cultural em Rede — Alentejo Litoral, que tem como beneficiário líder a Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral (CIMAL).

O projeto é cofinanciado no âmbito do programa operacional Alentejo 2020 / Portugal 2020, com fundos FEDER / União Europeia.