Serpa: Câmara reabre Mercado Municipal após obras de 750 mil euros

Mercado Municipal de Serpa

Após profundas obras de requalificação, o Mercado Municipal de Serpa reabrirá no dia 29 de maio, revelou a Autarquia de Serpa (Beja).

Resultado de um investimento na ordem dos 750 mil euros, as obras “visaram a valorização global do equipamento, mas também a criação de um conceito mais amplo que pretende integrar os mercados de proximidade do concelho numa rede municipal, com atratividade turística”, refere a edilidade.

Este investimento contou com financiamento a 85 por cento do Programa Valorizar.

Revela a autarquia que “no novo Mercado vão abrir oito novas lojas, dois talhos, uma peixaria, várias bancas de frutas e legumes, bem como de enchidos e produtos tradicionais e ainda um café, dotado de esplanada.”

Neste novo espaço, será possível visitar o Centro Interpretativo do Queijo, o produto de excelência do concelho, local onde se valoriza este produto, dando destaque à forma como é produzido.

Apesar de inovador e com uma abordagem mais contemporânea, graças às novas valências, bastante visíveis na Loja do Queijo, na Loja dos Vinhos, no Centro Interpretativo do Queijo e numa nova cozinha experimental, o novo Mercado não deixa de contar também com o elemento mais tradicional dos mercados, a venda de proximidade.

Recorde-se que este novo espaço está integrado na Rede Municipal de Mercados, cujo objetivo é requalificar e revitalizar a rede de mercados locais no concelho de Serpa, integrando-a na oferta turística, enquanto produto distintivo e em complementaridade com os demais produtos turísticos, de modo a alcançar a sustentabilidade social, ambiental e económica, em paralelo com a garantia da satisfação dos residentes a curto e a médio/longo prazo.

A rede integra os mercados de Serpa (queijo), Pias (vinho), Vila Nova de S. Bento (enchidos e presunto), Brinches (produtos do Rio), Vale de Vargo (azeite) e Vila Verde de Ficalho (produtos da Serra).