Segurança Social fechou primeiro trimestre de 2019 com aumento de 8,3 % na receita

A Segurança Social apresentou no final do mês de Março uma receita efectiva de 7.223,8M€, uma despesa efectiva de 5.964,2M€ e um saldo global de 1.259,6M€, traduzindo uma variação homóloga de 8,3%, 4,8% e 28,7% respetivamente.

Os dados da execução orçamental mostram um aumento da receita efectiva do subsector da Segurança Social em 555,9 milhões de euros até ao mês de Março, permitindo acomodar o aumento da despesa efectiva, que foi de 275,3 milhões de euros, e reforçar o saldo global em 280,6 milhões de euros face homólogo.

Esta evolução de receita decorre do aumento das contribuições e quotizações e simboliza um crescimento de 8,3% (330,7M€) pelo segundo mês consecutivo.

Os resultados agora apresentados dão respaldo à dinâmica de criação de emprego e valorização dos salários que tem sido promovida pelo XXI Governo e cujas demonstração é visível na evolução favorável das estatísticas do mercado de trabalho.

Fonte: GOV