Sábado, Janeiro 28, 2023
Pub

Segurança restabelecida nas principais estradas do concelho de Vila Viçosa, após pedreiras tapadas

- Publicidade -
- Publicidade -

O concelho de Vila Viçosa, no distrito de Évora, não tem neste momento estradas em risco devido à proximidade de pedreiras, assegurou o presidente da Câmara Municipal de Vila Viçosa Inácio Esperança.

Após a queda da estrada que ligava Borba a Vila Viçosa, foram sinalizadas algumas estradas do concelho de Vila Viçosa devido à falta de segurança, tendo o trânsito sido condicionado em algumas.

No sentido de assegurar a segurança nas principais vias de circulação do concelho de Vila Viçosa, a autarquia liderada por Inácio Esperança estabeleceu algumas parcerias no sentido de encher algumas das pedreiras abandonadas e que colocavam em perigo essas estradas.

Segundo declarações de Inácio Esperança, a’ODigital.pt, “nos últimos meses temos vindo a repor as zonas de segurança, era algo que parecia impossível há um ano atrás, mas o que é certo é que temos o problema resolvido na Estrada Nacional 255, entre Vila Viçosa e Pardais, estamos também a resolver o problema na Estrada Municipal 508, entre Bencatel e Rio de Moinhos, bem como na entre Vila Viçosa e Bencatel, onde vamos também melhorar a sinalização”.

Foram soluções que não foram onerosas, pois foram realizadas em colaboração com empresas, mas que garantem assim a segurança das pessoas”, frisou o autarca.

Com a reposição das zonas de segurança, “o concelho de Vila Viçosa fica com as suas principais estradas em segurança, ou seja, sem qualquer perigo de ruírem, no entanto, existem caminhos junto às zonas de laboração das pedreiras que temos de resolver, mas aí já carece da revisão do PDM, de um novo projeto e de acordos com os proprietários para se conseguir de alguma forma melhorar a situação”, disse Inácio Esperança.

Questionado sobre quando a Estrada Nacional 255, entre Vila Viçosa e Pardais deixava de estar condicionada, o edil salientou que “os responsáveis da IP informaram-me que em breve o condicionamento será retirado, mas antes terá de haver uma avaliação das condições de segurança, ou seja, os técnicos da IP terão de avaliar, mas penso que há condições para que seja retirado o condicionamento da estrada”.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

As mais vistas

- Publicidade -

Mais notícias

Em dezembro, o Alentejo registou o menor valor mediano da avaliação bancária de casas

A avaliação bancária de casas com pedidos de empréstimo para compra aumentou 13,7% em 2022 para 1.400 euros por metro quadrado, mais 227 euros/m2...

Prisão preventiva para dois detidos pela GNR após perseguição na A2 no Alentejo

Os dois homens detidos pela GNR, com droga, em Grândola (Setúbal), na quinta-feira, após uma perseguição a uma viatura que circulava na Autoestrada do...