Santiago do Cacém: Prémios não reclamados em campanha de natal, serão entregues a instituições

santiago do cacém

A Câmara Municipal de Santiago do Cacém decidiu, com o valor dos prémios não reclamados da edição de 2020 do passatempo “Ajude a Economia Local Compre no Comércio Tradicional”, alargar a iniciativa de aquisição e distribuição de produtos alimentares por várias entidades do Concelho que se dedicam a ajudar os mais necessitados.

Com o montante não reclamado de 550 euros, a Autarquia adquiriu produtos alimentares que ofereceu, para além da Conferência Vicentina São Tiago e São João de Deus, às Cáritas de Santo André, Centro Social Paroquial de Santa Maria de Santo André, à AADIES – Associação de Apoio ao Desenvolvimento Integrado de Ermidas Sado e à Casa do Povo do Cercal do Alentejo, para comporem os cabazes do mês de janeiro que vão ser entregues às famílias carenciadas beneficiárias do Banco Alimentar contra a fome.

A Câmara Municipal de Santiago do Cacém mantém, com esta ação, o espírito solidário. Recorde-se que através da iniciativa Concertos Solidários, decorridos em dezembro, angariou bens alimentares que tornaram possível doar 50 cabazes. A Autarquia decidiu também que toda a programação da sua responsabilidade durante o mês de dezembro no Auditório Municipal António Chainho (AMAC) teria caráter solidário, sendo que o acesso aos bilhetes foi feito em troca de produtos como bens alimentares, de higiene, de limpeza ou de material escolar, que foram distribuídos pelas Juntas de Freguesia a famílias com menores recursos financeiros, do Concelho.