Santiago do Cacém: Depois de vários anos de perseguição, homem tenta atropelar ex-companheira

GNR

A Guarda Nacional Republicana, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) de Santiago do Cacém, no dia 7 de maio, deteve um homem de 58 anos por violência doméstica, no concelho de Santiago do Cacém.

De acordo com a GNR, “na sequência de uma investigação por violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o suspeito, ao longo de 24 anos, manteve uma relação com a vítima, sua ex-companheira de 55 anos, tendo esta terminado há oito anos, altura em que o agressor movido por ciúmes passou a perseguir a vítima, controlando os seus movimentos, causando-lhe medo e insegurança.”

Adianta ainda a GNR que “os comportamentos agressivos e obsessivos do suspeito tiveram um escalar de violência, culminando na tentativa de atropelamento da ex-companheira.”

Após diligências policiais, foi dado cumprimento a um mandado de detenção.

O detido foi presente, no dia 8 de maio, a primeiro interrogatório no Tribunal Judicial de Setúbal, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.