Sabia que o ecoponto amarelo só aceita embalagens? Descubra porquê

Ecoponto Amarelo

Já sabemos que as embalagens de plástico, de metal e os pacotes de bebidas depois de usadas são para colocar no ecoponto amarelo. Mas, o que é que não deve ir lá parar?  E porque não pode ser lá depositado? Se não pode ir para o ecoponto, vai para onde?  Descubra aqui n’ODigital.pt.

São muitas as embalagens que, depois de usadas e enviadas para reciclagem, podem ver uma nova vida. No entanto, há também uma lista de diversos utensílios do quotidiano que, depois de terminarem o seu propósito, não podem seguir para o ecoponto, ainda que sejam de plástico ou de metal.

Confira aqui se está a colocar tudo o que deve no amarelo!

O que pode ir para o amarelo:

  • Aerossóis;
  • Cabides de metal e de plástico;
  • Embalagens de gel de banho, champô, cremes e desodorizantes;
  • Garrafas de água ou de sumo;
  • Garrafões;
  • Latas de refrigerantes;
  • Latas de conservas;
  • Pacotes de arroz, de massa, de bolachas;
  • Pacotes de leite, de sumo ou de concentrado de tomate;
  • Produtos de limpeza;
  • Sacos de plástico, de ráfia, de congelados;
  • Tabuleiros de alumínio;
  • Esferovite.

O que não deve ser colocado neste ecoponto:

  • Baldes de plástico;
  • Cápsulas de café;
  • Brinquedos;
  • CDs e DVDs;
  • Chinelos;
  • Escovas de dentes;
  • Eletrodomésticos;
  • Ferramentas;
  • Panelas e tachos;
  • Pilhas;
  • Pneus;
  • Tapetes.

Porque não podem ir e para onde vão?

O Sistema de recolha seletiva – ecopontos ou porta a porta – foi criado para recolher as embalagens usadas dos diferentes tipos de materiais. As empresas que colocam embalagens no mercado são quem financia este sistema, desde a comunicação e sensibilização à recolha e tratamento.

Outros materiais que não são embalagem não fazem parte deste sistema, pois não está estabelecido e dimensionado financeiramente para outros utensílios que não embalagens.

Para vários utensílios feitos a partir de plástico e borracha, há já alguns projetos que visam promover a recolha de materiais em fim de vida. É o caso das Havaianas, com os chinelos estragados, bem como da iniciativa que transforma escovas de dentes em pranchas de surf, a Recycle to surf.

Os restantes utensílios podem ser entregues num ecocentro ou colocados no lixo comum. Mas, atenção que existem sistemas de recolha para vários outros fluxos de resíduos: elétricos e eletrónicos, cápsulas de café, medicamentos, resíduos orgânicos, entre alguns outros.

Agora que já sabe o que pode e não pode colocar no ecoponto amarelo, melhore os seus hábitos de reciclagem. Se ainda assim surgirem dúvidas, fale com o Gervásio através do WhastApp.

Fonte: Recicla