Terça-feira, Novembro 29, 2022
Pub

Rota gastronómica promove a excelência do arroz de Alcácer do Sal

- Publicidade -
- Publicidade -

Cerca de 50 restaurantes do concelho de Alcácer do Sal (Setúbal) participam, entre terça-feira e domingo, na Rota do Arroz, evento gastronómico que pretende divulgar “um dos produtos mais importantes” deste território, foi agora divulgado.

A 2.ª edição da Rota do Arroz, promovida pela Câmara de Alcácer do Sal, com o apoio do Agrupamento de Produtores de Arroz do Vale do Sado (APARROZ), vai decorrer em 46 restaurantes espalhados pelo concelho, desde Alcácer ao Torrão, Comporta, Casebres, Albergaria do Sado ou Santa Susana.

“Esta iniciativa tem como objetivo divulgar um dos produtos mais importantes de Alcácer do Sal, já que produzimos 33% do arroz a nível nacional, particularmente o arroz carolino”, explicou à agência Lusa o presidente da Câmara de Alcácer do Sal, Vítor Proença.

Segundo o município, em comunicado, a Rota do Arroz tem por objetivos reforçar a atratividade de Alcácer do Sal, fomentar a retoma da atividade económica e turística ou, preservar a identidade, sabores e saberes tradicionais.

O evento visa ainda valorizar os produtos endógenos, promover o território e estimular a visita a este concelho do litoral alentejano.

De acordo com o autarca, trata-se de um evento “que vai colocar em evidência a excelência dos cozinheiros de Alcácer do Sal”, que “vão brindar” os visitantes com pratos que combinam o arroz com os produtos endógenos.

Durante seis dias, o arroz será acompanhado por marisco, peixe e carne, resultando em “iguarias fantásticas”, como é o caso “do arroz de lingueirão, ex-líbris do concelho”, destacou.

O pinhão, o camarão, lavagante, choco, berbigão ou amêijoas são outros dos “produtos endógenos que vão enriquecer os pratos confecionados” nos restaurantes aderentes.

“A Rota do Arroz valoriza esse excelente produto que tem de ser protegido e defendido, porque temos arroz a nível nacional e não necessitamos de importar arroz de outras paragens”, pois, o do Vale do Sado “é de grande qualidade”, sublinhou Vítor Proença.

Canja de bacalhau com espinafres, arroz de pato, arroz de camarão, arroz do mar com corvina, lingueirão, amêijoas e coentros, arroz de choco e de tamboril ou pataniscas de bacalhau com o tradicional arroz de tomate à moda de Alcácer do Sal são algumas das ‘iguarias’ nas ementas dos restaurantes.

Outras das propostas no âmbito do evento, que inclui animação musical nos estabelecimentos participantes, são arroz de sardinha, canja de garoupa ou arroz-doce.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

As mais vistas

Mais notícias

Instituição de Santiago do Cacém com aumento de pedidos de ajuda de carenciados

Os pedidos de ajuda de pessoas carenciadas estão a aumentar junto da Conferência Vicentina, instituição de caridade de Santiago do Cacém que, todos os...

Câmara de Alcácer do Sal aprova orçamento de 38,8 ME para 2023

A Câmara de Alcácer do Sal (Setúbal) aprovou um orçamento de 38,8 milhões de euros para 2023, mais 6,9 milhões de euros do que...