Roberto Grilo confirma candidatura à CCDR do Alentejo e diz que “posso unir o Alentejo em torno de um projeto comum”

Roberto Grilo candidato à CCDRA

Terminou, esta terça-feira o período para apresentação de candidaturas à presidência das Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR).

Na CCDR do Alentejo um dos candidatos é Roberto Grilo, que tem presidido a esta entidade nos últimos cinco anos.

Roberto Grilo, veio a público, esta terça-feira, reafirmar a sua candidatura à presidência da CCDR-A, explicando que “decidi candidatar-me, como independente quando percebi que posso unir o Alentejo em torno de um projeto comum”, afirmando que sente que “há um grande reconhecimento pelo trabalho que desenvolvi nos últimos cincos anos e porque tenho que ser sensível ao apelo da região para que não me fosse embora nesta situação de crise em que vivemos.”

O agora candidato, reafirma que a sua candidatura “é a única independente, não apoiada, nem proposta por qualquer partido, em todas as regiões do País”, referindo que se apresenta a eleições “com a legitimidade do trabalho feito e o reconhecimento desse trabalho.”

Já sobre o projeto que apresenta nesta sua candidatura, Roberto Grilo salienta que o seu projeto é “procurar um novo impulso para uma região segura e sustentável, com aposta nas diferenças territoriais e com a CCDR e os Fundos como instrumentos ao serviço do desenvolvimento.” Deixa claro que “é um projeto com os olhos postos no futuro do Alentejo, pensando a região sempre em primeiro lugar. Sempre em diálogo, como nos últimos cinco anos, com os Autarcas e as Comunidades Intermunicipais, assumindo compromissos e estabelecendo protocolos de colaboração. No desenvolvimento socioeconómico, no ordenamento, no ambiente. E continuando a aposta no sistema regional de inovação, com a Universidade, os Politécnicos, os Centros de Investigação e o Parque do Alentejo de Ciência e Tecnologia (PACT).”

Termina revelando que o lema da sua candidatura é “O Alentejo Primeiro”.