Segunda-feira, Março 4, 2024

Reg. de Monsaraz celebrou o aniversário da elevação a cidade e homenageou personalidades e entidades (c/fotos)

- Pub -

A diretora regional de Cultura do Alentejo, Ana Paula Amendoeira, e a Casa do Alentejo, em Lisboa, receberam Medalhas de Ouro do Município de Reguengos de Monsaraz (Évora), esta sexta-feira.

Estas foram duas das medalhas atribuídas a personalidades, instituições e associações, no âmbito das comemorações do 19.º aniversário da elevação de Reguengos de Monsaraz à categoria administrativa de cidade.

A cerimónia decorreu no Auditório Municipal de Reguengos de Monsaraz.

O programa comemorativo do Dia da Cidade integrou ainda um beberete com prova de produtos regionais e um concerto pela banda La Bohème, que subiu ao palco durante e depois da cerimónia de homenagem aos agraciados.

Em declarações a’ODigital.pt, a presidente da Câmara de reguengos de Monsaraz, Marta Prates, explicou que “celebrar este dia é importante para todos, até por tudo o que a elevação a cidade trouxe naquela altura”.

Ao celebrar esta efeméride, a autarquia homenageia também “reguenguenses e instituições que de alguma forma já fizeram ou fazem por Reguengos e são pessoas que dedicaram a sua vida também a Reguengos, ou então são Reguengos que de alguma forma se notabilizaram também fora daqui”.

“Até aqui realizava-se a gala e resumia-se a isso, mas este ano quisemos dar uma nova imagem, achámos que só entrar para dentro do auditório, as pessoas não confraternizam e então entendemos que este ano dar glamour ao evento e realizar este ‘welcome drink’ onde apresentamos cerca de uma dezena de produtores de vinhos, de queijos, de mel, de doces, de enchidos e assim as pessoas podem conviver antes da gala”, frisou.

Questionada se considera que valeu a pena a elevação de Reguengos de Monsaraz a cidade, Marta Prates referiu que “tem valido muito a pena, assim como vale pena nós estarmos aqui na governação deste concelho extraordinário, desta cidade extraordinária. Nós temos uma estratégia para a cidade em todos os âmbitos, em todas as áreas, que tem como objetivo principal transformar este concelho e esta cidade numa grande cidade e num grande concelho.”

Foi galardoada Ana Paula Amendoeira, que além de liderar a Direção Regional de Cultura do Alentejo, é também relatora do Conselho Consultivo da UNESCO CN e investigadora sobre Património Mundial.

A outra Medalha de Ouro foi para a Casa do Alentejo, por ocasião do centenário desta instituição e pelo “papel determinante que tem desempenhado na defesa e afirmação da cultura alentejana no país e no mundo”.

Já a investigadora Ana Padilha e a cardiopneumologista Sofia Rebocho foram distinguidas com a Medalha de Mérito Científico.

As medalhas de mérito municipal destinam-se a personalidades, instituições e associações “que se notabilizaram pelos seus méritos e feitos nos mais variados domínios de atuação, contribuindo para o engrandecimento e o prestígio do concelho”. Mas abrangem também trabalhadores municipais que, no exercício da sua atividade, “se distinguiram pelo exemplar comportamento, pela competência profissional e pela dedicação à causa pública”.

As comemorações do Dia da Cidade contemplaram homenagens a duas instituições, quatro associações e 16 personalidades e empresários que têm “desenvolvido ações de mérito em diversas áreas” e que têm “contribuído de maneira excecional para o prestígio de Reguengos de Monsaraz nos domínios científico, cívico, cultural, desportivo, social e do empreendedorismo”.

A autarquia atribuiu a Medalha de Mérito Cívico à Sociedade Portuguesa de Autores, pela parceria com a Casa António Gião para “acolher refugiados da Guerra da Ucrânia”, aos médicos Eduardo Pedro e Ana Veiga, à jornalista e ‘pivot’ da CNN Portugal Ana Sofia Cardoso e ao treinador de basquetebol Carlos Janes Costa.

A Medalha de Mérito Cultural foi entregue ao maestro Carlos Bia, ao arqueólogo António Carlos Valera, a Carlos Albuquerque Teixeira, ‘head chef’ do Restaurante da Herdade do Esporão, à Comissão Social de Santo António do Baldio, ao maestro e diretor artístico João Defesa e a Vasco Ramalho, professor, investigador e diretor de vários festivais de percussão no sul do país.

A Magia D’Arte – Associação de Artesanato de Reguengos de Monsaraz foi agraciada com a Medalha de Mérito Social e a Medalha de Mérito Ambiental foi atribuída ao professor Pedro Grilo, dirigente do Clube Ciência Viva do Agrupamento de Escolas de Reguengos de Monsaraz, enquanto o empresário David Ramalho recebeu a Medalha de Mérito Empreendedor.

Já a Medalha de Mérito Desportivo foi para o núcleo local do Sporting Clube de Portugal, José Luís Rijo pela conquista do Troféu Promoção no Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno, António Catronga, criador da equipa de atletismo do núcleo local da Casa do Benfica, e o Grupo Desportivo Piranhas do Alqueva.

Fique de seguida com as imagens desta gala, com imagens de Hugo Calado:

- Pub -

Também pode gostar

- Pub -

Últimas Notícias

Autarca de Reguengos de Monsaraz diz que faltam restaurantes para acolher tanto turista

A presidente da Câmara de Reguengos de Monsaraz, Marta Prates, aponta a “falta de estabelecimentos de restauração” como um...