Redondo voltou a cumprir a tradição da Noite de Reis (c/som e fotos)

A vila de Redondo voltou a cumprir a tradição de celebrar a Noite de Reis, dando assim continuidade a uma das mais enraizadas tradições Redondenses

Na Praça da República, os grupos de Cantadores e Trovadores de Redondo, o grupo de Cantadeiras de Redondo, o Agrupamento 655, entre outros espontâneos que enriqueceram a diversidade na celebração, aproveitou-se a noite para confraternizar e interpretar os cantares ao “menino” e outros temas bem característicos da identidade alentejana.

Uma noite onde as temperaturas estavam abaixo de zero, os cantares prolongaram-se pela noite dentro numa oferta partilhada por todos os presentes, regada entre o bom vinho que aqueceu as vozes redondenses.

Em declarações ao ODigital.pt o Presidente da Câmara Municipal de Redondo, António Recto, salienta que “estamos a cumprir aquilo que é secular, esta terra sempre cantou os Reis ou o cante ao menino e hoje mais um ano está-se a cumprir a tradição”, acrescentando que “está aqui um conjunto de pessoas bastante significativo, com a participação dos Cantadores de Redondo e das Cantadeiras, mas as presenças dos Irmãos Janita e Vitorino.”

O autarca refere ainda que “estas comemorações são tradições que não se devem de perder, porque quando se perde a tradição de um povo, o povo tem tendência em desaparecer e nada como iniciativas desta natureza para rever precisamente estas tradições que já se faziam no Redondo há bastante séculos e é o que estamos a a cumprir hoje, também com a participação de um grupo de Escuteiros.”

O edil conclui dizendo que esta iniciativa “é uma forma de dar continuidade a esta actividade que se faz nesta Noite de Reis. Esta envolvência, esta participação da população e dos grupos organizados incluindo crianças, é a garantia de que as tradições não ser perdem.”