Redondo terá mostra de artesanato em agosto, após ciclo de concertos que fechou com “chave de ouro”, disse autarca

António Recto

Conforme já noticiámos, o Coliseu de Redondo recebeu este sábado, 24 de julho, um concerto com os Anjos, que encerrou o ciclo de concertos que decorreu nas últimas semanas neste recinto.

O presidente da Câmara Municipal de Redondo, António Recto, fez um balanço positivo deste ciclo cultural, referindo que “fechámos este ciclo de espetáculos com chave de ouro, o espetáculo decorreu perfeitamente, as pessoas compreenderam e portaram-se lindamente, aliás tivemos uma visita da GNR ao espaço para verificar e ainda bem que veio e confirmou que estava tudo como deve de ser”, acrescentando que “estou muito satisfeito e repito, esta nossa resiliência, esta nossa teimosia tem de continuar, não podemos ficar confinados muito mais tempo, temos de ir desconfinando, mas temos de saber desconfinar, com responsabilidade e cumprindo as regras”.

Sobre a possibilidade da realização de outros espetáculos, António Recto deixou claro que “para já não está nada programado a nível de espetáculos, a não ser que vai decorrer na Praça da República uma mostra de artesanato e atividades económicas durante as próximas semanas, que terá alguma animação ao princípio da noite, mas é outro tipo de animação, nada que se pareça com o que se passou aqui dentro do coliseu.

Não temos espetáculos para o mês de agosto, não quer dizer que não possam surgir, mas neste momento o que está programado é a mostra de artesanato e atividades económicas, com 6 stands montados na Praça da República e todos os fins de semana haverá lá atividades a decorrer, o que não quer dizer que não surjam outras iniciativas de âmbito cultural no concelho de Redondo“, concluiu o autarca.