Professor da Universidade de Évora assume funções como vogal da Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Professor da Universidade de Évora

Paulo Quaresma, Professor do Departamento de Informática da Universidade de Évora (UÉ) assumiu no dia 15 de fevereiro o cargo de vogal do Conselho Diretivo da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT).

Vou com a intenção de contribuir construtiva e pró-ativamente para a missão da FCT, levando alguma da experiência adquirida enquanto Vice-Reitor da Universidade de Évora e, também, as minhas competências na área da informática” reage Paulo Quaresma à recente nomeação, mostrando-se “muito entusiasmado” por abraçar este desafio de integrar o Conselho Diretivo da FCT, a agência pública nacional de apoio à investigação em ciência, tecnologia e inovação, em todas as áreas do conhecimento.

Entre outros, lidera um projeto que pretende desenvolver um sistema, baseado na Inteligência Artificial, que pode diminuir em pelo menos 5% o tempo de atendimento de cada chamada telefónica da Linha SNS24. É atualmente diretor do Programa de Doutoramento em Informática na UÉ e membro do Conselho Geral na mesma Universidade.

Professor Catedrático na Universidade de Évora, Paulo Quaresma desempenhou na instituição os cargos de Vice-Reitor para a Investigação e Desenvolvimento de 2014 a 2018 e de Diretor da Escola de Ciências e Tecnologia de 2009 a 2013. É doutorado em Informática pela Universidade Nova de Lisboa (1997), com especialização em Inteligência Artificial e Processamento de Língua Natural. Foi responsável por diversas unidades curriculares de Doutoramento, Mestrado e Licenciatura e orientou vários doutoramentos e mestrados. Coordenou vários projetos de investigação, financiados por diversas entidades portuguesas e europeias e publicou mais de 100 artigos científicos em revistas e conferências internacionais.

Paulo Quaresma substitui Nuno Feixa Rodrigues, que integrou o Conselho Diretivo da FCT em abril de 2019 e que cessou agora