Primeira antologia de poesia no distrito de Évora junta mais de 80 autores dos quatro cantos do mundo

Antologia

A primeira antologia de poesia contou com 85 participações de autores não só de Portugal, mas também de países como Brasil, Alemanha, França, Itália, Inglaterra e Coreia do Sul e contou também com nomes como o Muy Ilustre Carlos Bueno Guedes, detentor do título de Mestre da Cultura no Brasil.

Considerado um sucesso para o Instituto Cultural de Évora, esta instituição irá celebrar este marco histórico no Alentejo com uma cerimonia online aberta ao público, no dia 20 de março, tendo inicio às 10.30h da manhã, confirmando intervenientes como o poeta Pedro dos Santos, coordenador desta iniciativa e Presidente do Instituto Cultural de Évora, e o poeta Rafael Matos, presidente da ONG Perceptions.

Pedro dos Santos afirma até que esta antologia é só mais um exemplo da participação de Évora no contexto internacional de produção cultural, dizendo ainda que “Évora merece ser a Capital Europeia da Cultura” devido a tal produção cultural. Esta afirmação tem como base as “participações advindas de vários países da Europa e ainda de outras partes do mundo, nomeadamente advindas da América e da Asia”, mas também de Portugal.

Esta iniciativa cultural conta com o apoio do Instituto Português do Desporto e Juventude, da Câmara Municipal de Évora, da Perceptions, da Federação Regional das Associações Juvenis do Alentejo, do Conselho Regional de Juventude do Alentejo, da Associação 100% ADN, da Évora Jovem, da Mundus Intercultural ONGD e da Da New Imagination.