Portalegre: BioBIP Energia realizou testes com bagaço de azeitona e combustíveis derivados de resíduos

Testes no biobip

Em agosto, no Politécnico de Portalegre, realizaram-se diversos testes de gaseificação térmica e testes de carbonizações, com diferentes tipos de resíduos e misturas.

Durante o mês de agosto o BioBIP – Bioenergy and Business Incubator of Portalegre, do Instituto Politécnico de Portalegre, foi palco de diversos testes de gaseificação térmica e testes de carbonizações, com diferentes tipos de resíduos e misturas.

Segundo a informação que nos chegou os testes, incluídos no projeto AmbWTE, focaram-se em dois resíduos, ambos facilmente disponíveis, mas de difícil tratamento: bagaço de azeitona e combustíveis derivados de resíduos.

No âmbito do projeto e em conjunto com uma tese de mestrado, ainda foram realizados testes no laboratório para verificar a viabilidade de utilização dos carvões, provenientes dos testes de gaseificação e de carbonização, como o carvão ativado.

Este projeto é cofinanciado pelo FEDER, através do COMPETE 2020.