Policia Judicária de Évora deteve homem, de 36 anos, por sequestro e abusos sexuais de menor

Policia Judiciária

A Polícia Judiciária, através da Unidade Nacional Contra-Terrorismo (UNCT), em articulação com a Unidade Local de Investigação Criminal de Évora, deteve esta semana um homem, de 36 anos, por sequestro e abusos sexuais agravados.

Esta detenção ocorreu na sequência da comunicação de uma situação de sequestro agravado, ocorrida no dia 10.11.2019, tendo agora o homem sido detido em flagrante delito.

Segundo a PJ, “para além da indiciada prática de crimes de sequestro agravado, o arguido encontra-se fortemente indiciado pela prática de crimes de abuso sexual de criança agravado, de abuso sexual de menor dependente e de violência doméstica.”

Das diligências desenvolvidas no âmbito do Inquérito, titulado pelo DIAP de Évora, resultou a apreensão de relevantes elementos probatórios, incluindo uma arma branca.

O detido foi presente no dia de ontem a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Instrução Criminal de Évora, tendo ficado sujeito à medida de coação de prisão preventiva.