Sexta-feira, Agosto 12, 2022
Pub

Operação “Babel” do SEF detecta vários cidadãos estrangeiros a trabalhar ilegalmente na zona de Beja

- Publicidade -
- Publicidade -

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) realizou esta segunda-feira, 30 de Setembro, na zona de Beja, uma acção de fiscalização numa exploração agrícola e em dois estabelecimentos comerciais.

Segundo o SEF, “no total, no decorrer da Operação “Babel”,  foram identificados 12 cidadãos estrangeiros, de nacionalidade indostânica, dos quais quatro se encontravam em situação irregular por não possuírem documentos ou visto que os habilitassem a permanecer no Espaço Schengen. Nenhum deles havia dado início ao processo de regularização em território nacional.”

Devido ao estarem ilegais em Portugal, os quatro cidadãos foram notificados para abandonar o País no prazo de vinte dias. Foi também instaurado procedimento contraordenacional à entidade patronal por utilização da actividade de estrangeiro em situação ilegal.

 

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

As mais vistas

Mais notícias

Morreu Carlos Caçador Durão, primeiro autarca de Barrancos em democracia

Carlos Caçador Durão, o primeiro presidente da Câmara de Barrancos (Beja) eleito em democracia, morreu hoje, aos 89 anos, disse à agência Lusa o...

Redondo: Ass. Terras D’Ossa lançou um passaporte para melhor conhecer a Serra D’Ossa e não só

A Serra D’Ossa localizada no coração do distrito de Évora, é considerada o pulmão dos concelhos de Alandroal, Borba, Estremoz, Redondo e Vila Viçosa,...