Obra de requalificação da ligação ferroviária de Sines à Linha do Sul já têm empresa

Linha Ferroviária

O consórcio formado pelas construtoras Sacyr Somague e Neopul ganharam o concurso para a empreitada de modernização da ligação ferroviária entre Sines e a linha do Sul, pelo valor de 28,5 milhões de euros.

A empreitada tem um prazo de execução de 720 dias e inclui os trabalhos de modernização da superestrutura de via existente na Linha de Sines, com destaque para a aplicação de travessas de betão polivalentes e de saneamento e estabilização da plataforma da via “garantindo a capacidade de carga máxima para a Linha de Sines e incrementando a futura disponibilidade da infraestrutura”, relatou o consorcio, esta manhã, através de um comunicado ao qual acedemos.

Pretende-se assim eliminar os constrangimentos de capacidade e potenciar as condições de exploração, num contexto de melhoria das condições de segurança e aviabilidade do sistema ferroviário. Eduardo Campos, CEO do Grupo Sacyr Somague, vinca ainda que o grupo está preparado “para contribuir para a modernização e desenvolvimento do plano ferroviário nacional”.