Sexta-feira, Outubro 7, 2022
Pub

Núcleo de Estudantes Sociais Democrata da Universidade de Évora foi reativado

- Publicidade -
- Publicidade -

Foram reativados, recentemente, os órgãos do Núcleo de Estudantes Sociais Democrata da Universidade de Évora.

A comissão política é agora presidida por Tiago Fialho, de 18 anos, estudante de Turismo na Universidade de Évora. Já a Secretária-Geral será Margarida Grulha, estudante de Geografia, e a Presidência da Mesa do Plenário ficou a cargo de Miguel Pires, estudante também do curso de Turismo.

Os novos órgãos do núcleo são compostos por militantes de vários distritos do país como Évora, Beja, Portalegre, Lisboa e Viseu, o que dá ao novo núcleo “uma abrangência de perspetivas e de visões sobre política que pode ajudar muito na difusão da mensagem social-democrata”, refere Tiago Fialho.

Tiago Fialho acrescenta ainda que “o espaço universidade é muito importante na vida académica de qualquer estudante, é na academia que os jovens se formam como futuros profissionais, mas também é neste espaço que se formam e transmitem entre si valores basilares, nós com o NESD-UE queremos abrir a todos o interesse pela política e naturalmente queremos informar os nossos estudantes sobre o que é a social-democracia.”

O jovem presidente refere que “os principais raios de ação vão ser, o acompanhamento dos estudantes, debater o papel do estudante no seio do concelho de Évora, criar um clube de debates aberto a todos, intervir no que toca à habitação jovem e dar um enfoque grande entre o eixo academia-mercado de trabalho.”

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

As mais vistas

Mais notícias

Évora: Ritmos de Cabo Verde fizeram lotar Palácio D. Manuel (c/fotos)

O Palácio D. Manuel, em Évora, acolheu, esta quinta-feira, mais um concerto do Festival Imaterial, tendo contado com lotação esgotada. Na noite desta quinta-feira, esteve...

Baixo Alentejo: Região participa em projeto de transição para a neutralidade climática

A Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (CIMBAL) foi uma das 60 entidades selecionadas para integrar um projeto europeu que pretende “moldar conjuntamente a transição...