No final de 2019, residiam nos três distritos do Alentejo mais de 19 mil estrangeiros

De acordo com o Relatório de Imigração Fronteiras e Asilo divulgado pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, em 2019, residiam nos três distritos do Alentejo 19.212 estrangeiros.

Já a nível nacional, em 2019, verificou-se, pelo quarto ano consecutivo, um acréscimo da população estrangeira residente, com um aumento de 22,9% face a 2018, totalizando 590.348 cidadãos estrangeiros titulares de autorização de residência, valor mais elevado registado pelo SEF, desde o seu surgimento em 1976.

No Alentejo, é o distrito de Beja que registou um maior aumento de estrangeiros a residir na região, +25,1%, havendo registo, em 2019, de 12.175 estrangeiros residentes.

Já no distrito de Évora, em 2019, residiam 4.505 estrangeiros, havendo uma subida de 6,1%.

No distrito de Portalegre no final do ano havia um registo de 2.532 estrangeiros residentes, ou seja, um acréscimo de 3,4%.