Sábado, Janeiro 28, 2023
Pub

No concelho de Ourique vai manter-se a tradição do Cante das Janeiras aos Reis e ao Menino

- Publicidade -
- Publicidade -

O Município de Ourique vai manter a tradição do Cante das Janeiras aos Reis e ao Menino, nos próximos dias 4, 5, 7, 8 e 9 de janeiro de 2021, numa iniciativa que, no respeito pelas normas da DGS, percorrerá o concelho, com a atuação de José Diogo Bento e Pedro Mestre.

Segundo a Autarquia, “a iniciativa cultural, inscrita nas tradições de Ourique, simboliza também o desejo da retoma progressiva da atividade em 2021, em segurança e com respeito pelas regras básicas de autoproteção: uso da máscara, distanciamento social, etiqueta respiratória e lavagem/ desinfeção frequente das mãos.”

As “Janeiras Cante aos Reis e ao Menino” estarão na segunda, 4 de janeiro de 2021, pelas 18h30 na Igreja de Grandaços, pelas 21h00, na Igreja de Santa Luzia; na terça, 5 de janeiro, pelas 19h00, na Igreja de Garvão, pelas 21h00, na Capela da Funcheira; na quinta, 7 de janeiro, pelas 18h00, na Igreja de Panóias, pelas 19h00, na Igreja da Conceição; na sexta, 8 de janeiro, pelas 18h00, na Igreja de Santana da Serra, pelas 19h30, na Igreja da Aldeia de Palheiros; e no sábado, 9 de janeiro, pelas 21h00, José Diogo Bento, Pedro Mestre, Gonçalo Narciso e Telmo Narciso, atuam no Concerto de Ano Novo, no Cineteatro Sousa Telles, em Ourique.

A Edilidade acrescenta ainda que “a iniciativa é também um impulso de apoio aos criadores culturais que em 2020 estiveram sujeitos a fortes limitações no desenvolvimento das suas atividades de sustentação das tradições do Baixo Alentejo e na projeção do seu talento, com novas abordagens nas diversas expressões criativas.”

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

As mais vistas

- Publicidade -

Mais notícias

Prisão preventiva para dois detidos pela GNR após perseguição na A2 no Alentejo

Os dois homens detidos pela GNR, com droga, em Grândola (Setúbal), na quinta-feira, após uma perseguição a uma viatura que circulava na Autoestrada do...

A não construção do terminal ferroviário de mercadorias era “inaceitável para as pessoas e para a região”

Desde que se iniciou o projeto de construção da nova linha de ferrovia do Corredor Internacional Sul que liga Sines ao Caia, que os...