No Baixo Alentejo já decorrem ações de formação para os trabalhadores dos municípios

Formação da CIMBAL

Na sequência da aprovação da candidatura submetida pela CIMBAL ao Programa Operacional Regional do Alentejo, destinada à Formação dos Trabalhadores da Administração Pública (Alentejo), foram aprovadas 58 ações de formação a desenvolver durante 34 meses.

“Através desta formação pretende-se desenvolver um Programa Integrado de Formação Autárquica, que visa apoiar o processo de modernização administrativa das Câmaras Municipais da área de influência da CIMBAL, contribuindo assim para a capacitação e aumento da eficiência dos serviços da Administração Pública e para o reforço das competências dos trabalhadores municipais”, explica a CIMBAL em comunicado.

Estas formações iniciaram-se no segundo semestre de 2020, com a realização de sete ações de formação, abrangendo um total de 202 formandos.

Devido à suspensão das ações presenciais relacionada com a situação epidemiológica do novo Coronavírus – COVID 19, as ações de formação durante o primeiro semestre de 2021, estão a ser realizadas através da metodologia de formação à distância, num modelo de aprendizagem online, no qual os processos são realizados através de plataformas informáticas (Zoom) que facilitam a transmissão de conteúdos.

Assim, estão neste momento a decorrer três ações de formação, nomeadamente de “Acolhimento e Atendimento Presencial e Telefónico”, “Marketing Digital” e “Revisão do Código da Contratação Pública” com a participação total de 67 formandos.

Brevemente irão iniciar as ações de formação de “Plataformas Digitais”, “Secretariado e Protocolo Autárquico”, Proteção Civil” e “Deontologia do Serviço Público” todas elas também destinadas a trabalhadores autárquicos da área de intervenção da CIMBAL.