No Alandroal “foram dados extraordinários exemplos desta compatibilidade com o biológico”

Pedro do Carmo

Como já noticiámos, a localidade de Alandroal recebe este fim de semana, o festival “Soil to Soul”, um evento que pretende alertar a importância da regeneração dos solos para uma alimentação saudável e um futuro sustentável.

O evento decorre no Castelo da vila de Alandroal, é promovido pela câmara municipal deste concelho alentejano e pela equipa do projeto “Soil to Soul”, de Zurique, na Suíça.

O festival “Soil to Soul Alandroal – Somos o que comemos” junta gastronomia, música e muita animação, reunindo chefes, produtores e artistas, numa iniciativa de sensibilização para a conservação dos recursos naturais, sociais e culturais.

Presente neste evento esteve o Deputado na Assembleia da República e presidente da Comissão Parlamentar de Agricultura, Pedro do Carmo, que o evento que está a decorrer no Alandroal “é uma ideia inovadora e que aplaudo, porque sem fundamentalismos e sem confrontos com outro tipo de agricultura, esta tem o seu espaço tal e qual como a democracia. Há espaço para todos também na agricultura e na vertente da sustentabilidade e da preservação da biodiversidade há espaço para todos”.

O deputado frisou que, no Alandroal “foram dados extraordinários exemplos desta compatibilidade com o biológico e é isso que venho aqui enaltecer, existir bom senso na apreciação dos produtos, bom senso da transformação. Todos nós temos de dar o contributo e todos nós se conhecermos podemos fazer as melhores opções. E foi isso que o Alandroal fez, dar a conhecer para depois nós, individualmente, fazermos a nossa melhor opção, que tem a ver com o nosso gosto, tem a ver com o nosso respeito pelos outros, tem a ver com a nossa defesa da sustentabilidade e da biodiversidade. E, ao fim e ao cabo, falamos assim, de uma forma mais simpática, de uma forma mais inclusiva do que é o mundo rural“.