Domingo, Janeiro 29, 2023
Pub

Negociação para Badajoz acolher início de etapa da Volta a Portugal está “bem encaminhada”

- Publicidade -
- Publicidade -

Joaquim Gomes confirmou hoje que “está tudo bem encaminhado” para que uma etapa da próxima Volta a Portugal em bicicleta parta da cidade espanhola de Badajoz, um dia depois de Elvas acolher uma chegada da prova.

“Confirmo que há cerca de dois meses estamos em negociação com a Câmara Municipal de Elvas, mas no âmbito do projeto Eurocidade, que envolve os municípios de Badajoz e Campo Maior. Inclusive, foram chamados também a participar outros municípios alentejanos, quer do Alentejo central, que podem ser alvo desta etapa, como do norte alentejano. E está tudo bem encaminhado para que se confirme esta etapa. Aliás, serão duas etapas: uma chegada a Elvas e uma partida de Badajoz”, avançou o diretor da prova ‘rainha’ do calendário nacional.

Em declarações aos jornalistas, em Ponte de Sor, Joaquim Gomes garantiu que “ainda não há acordos firmados sobre o tema”, mas considerou que, a confirmar-se a inclusão de Elvas e Badajoz no percurso da corrida que se disputa entre 04 e 15 de agosto, a presença do Alentejo na próxima edição da Volta a Portugal sairá “vincada, e de que maneira”.

O diretor da Volta reagia assim às declarações do presidente da Câmara Municipal de Elvas, que hoje, à partida da terceira etapa da Volta ao Alentejo, revelou que aquela cidade poderia acolher uma chegada da 83.ª edição, seguindo-se, no dia seguinte, uma partida da cidade fronteiriça de Badajoz, cidade que marcou presença no percurso da prova apenas em 1971.

“É interessante, porque há já algum tempo estamos a ver que a Volta a Portugal em bicicleta ocorre do rio Tejo para cima e isso não faz qualquer sentido. E nós, os autarcas da zona sul, vamos ter que ter uma palavra a dizer e, por isso mesmo, estamos a preparar que se dê aqui uma etapa da Volta a Portugal e, depois, que o arranque no dia seguinte seja feito do lado de lá da fronteira”, detalhou José Rondão Almeida.

O autarca indicou que “as negociações com o alcaide de Badajoz vão numa fase muito adiantada”, assim como com o seu “colega de Campo Maior”, Luís Rosinha, e “outros autarcas [de cidades] por onde a Volta vai passar”.

“Estamos convencidos de que somos capazes de criar as condições para ter aqui de facto a Volta a Portugal a ter uma etapa e, no dia seguinte, o arranque da próxima etapa na cidade de Badajoz este ano já”, concluiu.

Joaquim Gomes assumiu ainda que “se o senhor presidente teve essa afirmação”, fica “satisfeito” e vai “considerando isso um voto de confiança para que essa intenção se possa concretizar”.

A terceira etapa da 39.ª Volta ao Alentejo ligou hoje Elvas a Ponte de Sor, no total de 176,7 quilómetros, e foi vencida pelo venezuelano Leangel Linarez (Tavfer-Mortágua-Ovos Matinados), que bateu ao ‘sprint’ o seu compatriota e novo camisola amarela Orluis Aular (Caja Rural).

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

As mais vistas

- Publicidade -

Mais notícias

Condutor de pesado de mercadorias morre em despiste no IC1 em Ourique

Um homem, de 35 anos, morreu hoje devido ao despiste do veículo pesado de mercadorias que conduzia, no Itinerário Complementar 1 (IC1), na zona...

António Chainho com concerto magistral em Reguengos de Monsaraz (c/fotos)

O músico e compositor António Chainho estreou um novo espetáculo este sábado, no Auditório Municipal de Reguengos de Monsaraz, numa retrospetiva de carreira que...