“Não é o momento para começarmos a falar em desconfinamento”, afirmou António Costa

António Costa anuncia medidas

Depois de aprovado o novo Estado de Emergência na Assembleia da República, o primeiro Ministro falou ao país ao final da tarde desta quinta-feira.

António Costa começou por fazer uma análise da situação epidemiológica do país.

Nesta conferência de imprensa, o Primeiro Ministro afirmou que “não podemos deixar de continuar a considerar esta situação extremamente grave. Se se traduz num elevado número de internados isso também se traduz num elevado número de óbitos, que também estão a diminuir, mas não nos podemos conformar”.

“Teremos de manter o atual nível de confinamento durante o mês de março”, disse ainda António Costa que afirmou que “não é momento para começarmos a falar em desconfinamento, total ou parcial, é momento para continuar com determinação a fazer o que temos feito nas últimas semanas”.