Na mensagem de Natal, o Primeiro-Ministro diz que “o dever é responder às necessidades do presente e garantir melhor futuro ao Serviço Nacional de saúde”

Como vem sendo habitual, foi divulgada, ao início da noite de Dia de Natal, a Mensagem de Natal do Primeiro-Ministro.

António Costa, dedicou o seu “tempo de antena” ao Sistema Nacional de Saúde e aos desafios que este atravessa.

O Primeiro-Ministro de Portugal refere que “a saúde é atualmente umas das principais preocupações dos portugueses” e que “há vários problemas a resolver no Serviço Nacional de Saúde”.

António Costa diz “compreender bem a ansiedade de quem não tem médico de família, dos que aguardam uma ou esperam ser chamados a uma cirurgia ou consulta”, tendo relembrado que “recuperámos a dotação orçamental no setor da saúde, aumentámos profissionais e número de consultas”.

Explicando ainda que “este ano foi mesmo de saúde e só de saúde de que vos quis falar, porque mais do que celebrar o passado o dever é responder às necessidades do presente e garantir melhor futuro ao Serviço Nacional de saúde”.

Fique de seguida com a mensagem do Primeiro-Ministro na integra: