Município de Odemira anuncia programação cultural online dando destaque aos artistas locais

Cultura em Odemira

O Município de Odemira vai apresentar ao público a iniciativa “Cultura Com Todos em Odemira”, assente numa programação cultural diversificada, num misto de conteúdos online e de iniciativas presenciais, dentro das orientações da Direção Geral da Saúde, como forma de apoiar e dinamizar o sector. Estas propostas privilegiam a participação de agentes culturais do concelho, como forma de reconhecimento e valorização do seu trabalho.

A iniciativa tem início com atuações  de diversos artistas locais, gravadas ao vivo, e apresentados online todas as semanas, através das páginas do Município no Facebook e Youtube. O primeiro espetáculo está agendado para esta sexta-feira, dia 12 de fevereiro, às 21.00 horas.

O Município de Odemira tem procurado adaptar-se a esta nova e difícil realidade vivida também na área cultural, imposta pela pandemia, e apresenta agora um novo momento de propostas que integra artistas e grupos que não participaram nos momentos culturais anteriores, realizados nos meses de verão e no final do ano.

Os próximos meses serão marcados por atuações musicais, de dança, documentários sobre as tradições locais, artes plásticas, poesia, bem como conteúdos para o público infantil. Pretende-se igualmente promover e valorizar iniciativas culturais de matriz popular e comunitária, onde está implícito um processo participativo e de inclusão social por via da cultura.

A pandemia provocada pela doença Covid-19 alterou as rotinas e as dinâmicas sociais a uma escala global, com um impacto brutal no setor da cultura, que enfrenta momentos difíceis nunca antes vividos. O palco alterou-se radicalmente e o espaço virtual tornou-se alternativa ao espaço físico. A pandemia obriga a redefinir os modelos de concepção, produção, oferta e também de apoio à cultura.

Paralelamente a esta iniciativa “Cultura com todos em Odemira”, mantém-se o Programa Municipal de Apoio às Atividades Culturais e Recreativas, com o valor de 180 mil euros para 2021, cujo prazo para apresentação de candidaturas foi prolongado até ao dia 1 de março, esperando a adesão e a iniciativa dos agentes culturais do concelho.