Mulher de 49 anos sofre ferimentos graves após queda em poço de elevador em Moura

Inem acionado

Uma mulher de 49 anos sofreu hoje ferimentos graves depois de ter caído no poço de um elevador nas instalações de uma empresa de enchidos do concelho de Moura (Beja), disseram fontes da GNR e dos bombeiros.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Beja indicou à agência Lusa que o acidente, para o qual foi dado o alerta por volta das 08:30, ocorreu numa empresa da zona industrial de Safara, no concelho de Moura.

A fonte da GNR adiantou que se tratou de um acidente de trabalho, pelo que foram chamados ao local inspetores da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT), que estão a investigar as causas da queda.

Segundo a mesma fonte, a mulher, de 49 anos, funcionária da empresa que se dedica à produção de enchidos, caiu de uma altura de cerca de cinco metros para o interior do poço do elevador.

A vítima foi resgatada pelos bombeiros do poço do elevador e, posteriormente, transportada num helicóptero do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) para o Hospital de São José, em Lisboa, adiantou a fonte da GNR.

As operações de socorro mobilizaram os Bombeiros de Moura, a Cruz Vermelha Portuguesa, a GNR e o INEM, num total de 12 operacionais, apoiados por cinco veículos, incluindo uma ambulância de suporte imediato de vida (SIV), e um helicóptero.