Sexta-feira, Agosto 12, 2022
Pub

Movimento acaba com 24 anos de poder PS na Azaruja, “porque o marasmo era muito”, disse David Lopes

- Publicidade -
- Publicidade -

No passado domingo, 26 de setembro, realizaram-se as eleições autárquicas, um dos atos eleitorais mais importantes, pois, define-se o futuro de cada aldeia, vila ou cidade, elegendo-se especificamente os representantes locais.

Um pouco por todo o Alentejo houve resultados que surpreenderam e outros nem tanto, mas ainda assim há locais onde houve resultados históricos.

ODigital.pt foi até uma freguesia do concelho de Évora, onde o Partido Socialista governava há 24 anos e foi agora destronado por um movimento de cidadãos que mereceu a confiança da população.

Falamos da Freguesia de São Bento do Mato, onde se localiza a localidade da Azaruja, onde estavam inscritos para o ato eleitoral 917 cidadãos e votaram 578, ou seja, 63,03% da população foi às urnas, tendo vencido com maioria absoluta o Movimento Independente de Coesão Azarujense, com 57,61% dos votos, seguindo-se depois o PS com 20,07%, PCP-PEV com 10.73% e por fim a coligação PPD/PSD.CDS-PP.MPT.PPM com 9% dos votos.

“Recebemos a notícia da vitória com alguma surpresa, mas ao mesmo tempo com uma grande emoção, porque foi um momento em que conseguimos juntar uma grande multidão à frente da junta de freguesia, onde estávamos à espera dos resultados”, disse-nos o presidente eleito David Lopes.

David Lopes confidenciou que “apesar de termos uma grande mobilização da comunidade azarujense, nós não conseguimos prever esta maioria absoluta esmagadora”, acrescentando que “os azarujenses estavam à espera desta mudança já há algum tempo, porque o marasmo era muito e a necessidade de mudança era efetivamente grande.”

Este movimento criado especificamente para se candidatar a esta freguesia, destronou o Partido Socialista que “há 24 anos vinha governando a freguesia”, frisou o presidente eleito, explicando que o movimento “nasceu o ano passado, tendo-se constituiu legalmente no início deste ano. As pessoas que constituem esta equipa são na sua maioria de uma faixa etária jovem, temos também pessoas mais experientes e que completam uma equipa que vai ser de sucesso e que de certeza vai trabalhar pela Azaruja, com dinamismo e com os horizontes mais alargados”.

Numa altura em que o interior do país perde progressivamente população, diz David Lopes que para combater esse fenómeno pretende “uma freguesia coesa, pelo que, vamos também tentar estabelecer pontes entre os empresários, entre as instituições, associações locais e a própria população, ou seja, é estabelecer uma coesão entre todos na freguesia.”

O presidente eleito explicou-nos que uma das “chaves do sucesso” deste movimento são as “provas que esta equipa já deu à freguesia, pois praticamente 100% da equipa já esteve ou está envolvida em diversos projetos, atividades e até instituições da terra, ou seja, o nosso trabalho não é novidade para ninguém, nós já conseguimos mostrar aquilo que somos capazes, mas somos capazes de oferecer muito mais à nossa terra”.

Após a tomada de posse é altura para estabelecer acordos e parcerias, nomeadamente com a Autarquia de Évora e nesse sentido, refere David Lopes que “o fato de sermos independentes talvez consigamos uma maior abertura para negociações com outros tipos de entidades, nomeadamente com a Câmara Municipal, ou seja, nós queremos estreitar as relações com a autarquia que tem de ser um parceiro da Junta de freguesia, tem de haver uma colaboração ativo e parcerias muito mais intensas”.

David Lopes concluiu dizendo que “pretendemos que daqui a quatro anos já tenhamos uma população com mais esperança, com uma juventude espiritual e com uma vontade e orgulho de viver na Azaruja”.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

As mais vistas

Mais notícias

Morreu Carlos Caçador Durão, primeiro autarca de Barrancos em democracia

Carlos Caçador Durão, o primeiro presidente da Câmara de Barrancos (Beja) eleito em democracia, morreu hoje, aos 89 anos, disse à agência Lusa o...

Redondo: Ass. Terras D’Ossa lançou um passaporte para melhor conhecer a Serra D’Ossa e não só

A Serra D’Ossa localizada no coração do distrito de Évora, é considerada o pulmão dos concelhos de Alandroal, Borba, Estremoz, Redondo e Vila Viçosa,...