Quarta-feira, Setembro 28, 2022
Pub

Mourão: ‘Casa dos Lacerdas’ a nova unidade hoteleira, onde o conforto é uma prioridade (c/fotos)

- Publicidade -
- Publicidade -

Foi inaugurado, esta semana, um novo empreendimento turístico no centro da vila de Mourão, no distrito de Évora.

A ‘Casa dos Lacerdas’ foi inaugurada numa cerimónia que contou com a presença do seu proprietário Júlio Suzano, do presidente da Câmara Municipal de Mourão, João Fortes, do presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, Vítor Silva, entre outras entidades locais e regionais e muitos mouranenses.

O empreendimento turístico agora inaugurado resulta da requalificação de um edifício edificado na primeira metade do século XVIII, após a guerra da Restauração (1640-1668), denominando-se Casa dos Lacerdas em homenagem ao ilustre proprietário, João Limpo Pimentel Pereira de Lacerda.

ODigital.pt esteve presente na inauguração e falou com o proprietário do empreendimento, Júlio Suzano, que nos disse que este foi “o realizar de um sonho de família”, acrescentando que “finalmente abrimos o espaço e estamos na expectativa de tentarmos juntar o útil ao agradável, o máximo conforto, mas de qualidade, porque não queremos que as pessoas que nos venham visitar tenham menos conforto que em suas casas, ou seja, queremos oferecer o mesmo, ou até mais conforto que os visitantes têm em casa, pois, só assim é que vale a pena a pessoa fazer a escapadelas”.

Já sobre a capacidade do hotel, Júlio Suzano referiu que “temos onze quartos, mas temos um quarto duplo para uma família, pois torna se mais económico alugar um quarto duplo para uma família com filhos e temos também um quarto para clientes com mobilidade condicionada, com uma espaçosa casa de banho, porque também temos de proporcionar o acesso a todas as pessoas e esse quarto a nível de rés do chão e reúne todas as condições de acordo com a legislação aplicável.

Já sobre o investimento realizado, o responsável salientou que “no início fizemos uma estimativa, mas foi um pouco ultrapassada, assim como os prazos, pois, levamos mais tempo que o previsto, mas não estou arrependido”.

Com a criação desta nova unidade turística foram criados “três postos de trabalho, ajudando também assim a economia local e temos esperança de vir a criar mais, se expandirmos para a área de restauração”, frisou Júlio Suzano.

Já o presidente da Câmara de Mourão, João Fortes, disse-nos que “Mourão precisava de mais uma unidade turística, até porque aquilo a que o executivo camarário se propôs foi atrair mais turismo para o concelho e por isso vamos precisar ainda de mais empreendimentos, porque o que temos atualmente ainda é insuficiente”, acrescentando que “com a abertura desta nova unidade ficamos a ganhar com qualidade, mas isto mostra também que Mourão está definitivamente a ganhar uma nova dinâmica económica”.

Questionado sobre possíveis novos projetos para o concelho, o autarca referiu que “há muitos pedidos de informação prévia sobre a possibilidade de instalação de empreendimentos turísticos junto à orla de Alqueva, mas infelizmente estamos muito restritos sobre o ordenamento do território e as restrições que daí advêm, no entanto, há projetos que vão surgir, que têm capacidade legal de instalação e nós, na autarquia, estamos a dar o melhor junto das equipas técnicas, não só para aprovar os projetos com a maior rapidez, mas para junto dos organismos competentes, inclusive a CCDR, desbloquear algumas situações que podem ser depois muito favoráveis para o concelho a nível de emprego.”

Fique de seguida com as imagens da inauguração, numa reportagem de Hugo Calado:

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

As mais vistas

Mais notícias

Grupo LAPPÍ que criar em Vila Viçosa a maior gráfica de rótulos da Europa

O Grupo LAPPÍ, que há uns anos adquiriu a Gráfica Calipolense, tenciona realizar um investimento de 6 Milhões de euros no concelho de Vila...

Assembleia Municipal de Beja exige fibra ótica nas aldeias do concelho

A Assembleia Municipal de Beja (AMB) exigiu que as populações possam aceder à Internet de fibra ótica nas aldeias do concelho que já dispõem...