Mora: “Trata-se de um surto complexo”, afirmou Diretora-Geral da Saúde

Graça Freitas

A Diretora-Geral da Saúde, Graça Freitas, pronunciou-se, esta segunda-feira, sobre o surto de Mora, no distrito de Évora.

Graça Freitas começou por dizer que o surto de Mora “é um surto complexo, porque tem mais de 300 pessoas potencialmente envolvidas, a maior parte delas já foi testada”.

“Quer a origem, quer as cadeias de transmissão estão ainda sob investigação, portanto não é apenas um, ou os casos inicias que interessam, são todos os casos que interessam”, referiu ainda graça Freiras.

A Diretora-Geral da Saúde referiu ainda que “trata-se de um surto complexo, já com 40 casos identificados em Mora, e, portanto, está em investigação e é precoce estarmos a fazer afirmações sobre a sua origem”.