Monsaraz: É um evento para “pôr a pensar o mundo”, disse autarca no início do ‘WATER World Forum for Life’ (c/fotos)

Water Monsaraz

Iniciou-se esta quinta-feira, 3 de junho, o maior evento sobre a temática da água e da sustentabilidade.

O “WATER World Forum for Life”, que vai decorrer no Centro Náutico de Monsaraz até ao domingo, iniciou com um grande espetáculo multimédia e musical, onde a temática do ambiente foi o foco central.

O evento surge no âmbito da Década da Água (2018-2028) decretada pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Promovido pela Câmara de Reguengos de Monsaraz, no distrito de Évora, e organizado pela empresa The Race, o fórum vai ter um “formato híbrido”, ou seja, presencial e com a transmissão ‘online’ de conteúdos, devido à pandemia de covid-19.

As iniciativas que constam do programa podem, assim, ser acompanhadas ‘online’ em qualquer parte do mundo, mediante inscrição na página oficial na Internet, segundo a organização.

Os debates e painéis decorrem só na sexta-feira e no sábado, mas, esta quinta-feira, haverá um espetáculo multimédia noturno.

Esta sexta-feira, às 9:15, terá lugar a intervenção ‘online’ da bióloga marinha e fundadora da Mission Blue Sylvia A. Earle, sobre “A Importância da Água”, durante cerca de 10 minutos.

De acordo com o programa, segue-se a abertura oficial, às 9:30, com a ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa.

Ainda na sexta-feira, às 15:00, terá lugar o painel “O Impacto da Mudança Climática na Vida Marinha”, que contará, entre outras, com a intervenção ‘online’ do capitão Paul Watson, diretamente do alto mar, onde se encontra em missões da sua organização sem fins lucrativos, a Sea Sheppard, segundo a organização.

Antes, pela manhã, a secretária de Estado do Ambiente, Inês Santos Costa, fará uma intervenção sobre “Economia Circular e o Ambiente”.

Já a sessão de encerramento, a partir das 18:15 de sábado, deverá contar com as participações dos ministros do Mar, Ricardo Serrão Santos, e do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, pode ler-se no programa.

Na abertura, José Calixto, presidente da Câmara de Reguengos de Monsaraz começou por destacar o “projeto de promoção territorial sobre os nossos valores da sustentabilidade que é naturalmente o valor fundamental, que é a água e a sua preservação”, acrescentando que “o dossier da sustentabilidade do planeta, é um dossier que preocupa todos os políticos, toda a humanidade, que está bem assente em metas e que está bem claro nos objetivos da Década da Água que foi instituída pelas Nações Unidas em 2018 e que se prolonga até 2028”.

Sobre o evento, José Calixto explicou que “pretende ser um evento que Portugal possa exportar para o resto do planeta, através da linha da cooperação internacional do Fundo Ambiental e que ponha também Portugal a fazer pensar o mundo sobre matérias de sustentabilidade e preservação do valor fundamental para a vida, que é a água”.

O Autarca reguenguense concluiu referindo que “estamos no Alentejo e o Alentejo é um sitio que não se visita, é um sitio que se sente e, é precisamente esse local e esses sentimentos que nós queremos mostrar nos próximos dias”.

Fique de seguida com as imagens do espetáculo de abertura, numa reportagem de Hugo Calado: