Ministra da Saúde visitou obras de reforço dos Cuidados Intensivos do Hospital de Évora

Ministra da Saúde no Hospital de Évora

Como já noticiámos, estão a ser investidos cerca de 300 mil euros no reforço dos Serviços de Cuidados Intensivos do Hospital de Évora.

Obras que, esta segunda-feira, receberam a visita da Ministra da Saúde, Marta Temido, que visitou as obras de requalificação da Unidade de Cuidados Intensivos COVID que estão a decorrer no Hospital do Espírito Santo de Évora.

Como referimos, trata-se de um investimento no valor de cerca de 300 mil euros, co-financiado em 85% pela reprogramação do projeto ReMoTe – Requalificação e Modernização Tecnológica do HESE, ALENTEJO 2020 FEDER, e pela Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS), no âmbito do plano dedicado à infraestruturação do setor de Medicina Intensiva do Serviço Nacional de Saúde, para dotar o SNS de melhores condições no combate à pandemia.

A Ministra da Saúde deslocou-se ao Hospital do Espírito Santo, após a cerimónia de adjudicação da obra do Novo Hospital Central do Alentejo.

O Conselho de Administração apresentou o espaço que se encontra em remodelação e salientou que esta é uma obra essencial, até à construção do Novo Hospital Central do Alentejo, porque permite, no imediato, um aumento da capacidade de resposta nesta área, em que se estima uma procura potencialmente elevada resultante da incidência significativa de doentes com COVID-19; e, posteriormente, um aumento de resposta a doentes com outras patologias que tendem a chegar mais tarde e mais graves ao Hospital.

Prevê-se a conclusão desta requalificação no fim do ano e, desta forma, o HESE passará a contar com um total de de 19 camas para cuidados intensivos.